LEO CAVALCANTI FAZ SHOW NO IBIRAPUERA

LEO

Cantor fará apresentação gratuita em auditório do Ibirapuera com Arnaldo Antunes

LEO

Em meio a turnê “Religar ao Vivo em SP”, que apresenta o disco “Religar” em nove shows gratuitos em oito cidades no Estado de São Paulo, Leo Cavalcanti lança o vinil de seu elogiado álbum de estreia em show gratuito com participação de Arnaldo Antunes, dia 14 de setembro, 21h, no Auditório Ibirapuera.

Dono de uma das mais belas vozes masculinas da música brasileira atual, Leo Cavalcanti (voz e violão) apresenta no palco as canções de “Religar”, acompanhado de Décio 7  (na bateria, percussão e sampler), Guilherme Held (na guitarra) e Marcelo Dworecki (no baixo). O repertório traz músicas como a faixa-título, “Vou Ser Você”, “Medo de Olhar Pra Si”, “Sem (Des)Esperar”, que em estúdio ganhou dueto encantador com Tulipa Ruiz. “Chuvarada”, única parceria do CD “Religar”, com o  festejado compositor paulistano Tatá Aeroplano (Cérebro Eletrônico), não entrou no LP mas será apresentada ao vivo no Auditório.

Munido de estética pop cosmopolita, que passeia por muitos níveis de expressão, Leo Cavalcanti desenha camadas vocais sobrepostas, com fortes elementos arabescos e referências ao coros da soul music. Com resultados marcantes e inusitados, “Religar” une elementos do cancioneiro brasileiro, R&B, canções standart norte-americanas, flamenco espanhol esonoridades árabe e hindu. Nas canções, o canto sofisticado de Cavalcanti ganha cadências rítmicas vigorosas de percussão acústica e eletrônica, que abraçam, dançantes e contagiantes, as levadas de seu violão.

Leo Cavalcanti também assina boa parte dos arranjos das faixas do álbum, e divide a produção musical de Décio 7 e Cris Scabello. No palco, todos os diversificados elementos que influenciam o jovem paulista resultam em atuação ao mesmo tempo enérgica, sensível e provocadora.

Sua performance ao vivo foi alvo de elogios de Caetano Veloso,registrados em sua coluna do jornal O Globo. “Leo Cavalcanti é paulista (com avós baianos e paraenses). Sua exuberante e minuciosa musicalidade mereceu elogios superlativos quando, no fim do ano passado, saiu seu primeiro CD. Mas vê-lo ao vivo é que foi experimentar a evidência de um talento genuíno. Os gestos de Leo são musicais e verdadeiros do ponto de vista dramático.”