Fotógrafa mostra a beleza de deficientes físicos

carol

Beleza e deficiência não são palavras opostas

Por Bárbara Rainov

carol

A fotógrafa Kica de Castro tem um estúdio diferente, sua especialidade é trabalhar com modelos que possuem algum tipo de deficiência.

Kica começou a carreira de fotógrafa no começo de 2000, mas foi em 2002 que entrou em contato com esse mundo da beleza e deficiência, que ainda sofre tantos preconceitos.

Ela começou fazendo as fotografias para o prontuário de pacientes em um centro de reabilitação, mas em pouco tempo descobriu que as pacientes se sentiam pouco a vontade na hora de serem clicadas, e não era para menos – tinham que ficar de lingerie e/ou nuas segurando placas, como se fossem uma ficha criminal.

Percebendo que a situação era embaraçosa, Kica resolveu inovar, conversou com uma psicóloga que a aconselhou a se aproximar das pacientes. Então a fotógrafa resolveu fazer umas compras na 25 de março para que compusesse um cenário mais agradável e que reavivasse a vaidade daquelas mulheres.

A ideia deu tão certo, que Kica foi estudar na Alemanha, sobre o mercado de moda para deficientes, e então em 2007 abriu sua agência de “modelos para profissionais com alguma deficiência” que leva seu nome.

Hoje a fotógrafa trabalha com deficientes em todo o Brasil e sua agência conta com 80 modelos, e Kica consegue que provar através de seu belo trabalho que beleza e deficiência não são palavras opostas.

Contato

email: kicadecastro@gmail.com

telefone :(11) 8131-0154