Yoko Ono expõe no Instituto Tomie Ohtake

yoko-ono-exposicao2

O Instituto Tomie Ohtake inaugura a mostra “O Céu Ainda É Azul, Você Sabe”, que faz uma retrospectiva da carreira artística de Yoko Ono

Yoko

Play It By Trust (Jogue na Confiança) de 1999

A exposição “O Céu Ainda É Azul, Você Sabe”, chega ao Instituto Tome Ohtake, em São Paulo, com composta por 65 obras determinantes na carreira artística de Yoko Ono. Patrocinada pelo Instituto CCR e com curadoria de Gunnar B. Kvaran, crítico e curador islandês e diretor do Astrup Fearnley Museum of Modern Art (Oslo, Noruega), a mostra vai até o dia 28 de maio e pretende revelar os elementos básicos que definem a vasta e diversa carreira de Yoko Ono, uma das principais artistas experimentais e de vanguarda do século XX.Yoko2

 

 

Com uma montagem inédita realizada para o Instituto Tomie Ohtake, a exposição é formada por 65 peças de “Instruções”, obras nas quais a artista convida o público a interagir de alguma forma, seja executando uma ação, seja fazendo uma reflexão. Todas essas experiências evidenciam as narrativas que expressam a visão poética e a visão crítica de Yoko Ono.

 

Rape

Cena de “Rape” (Estupro) de 1969

As “Instruções” são trabalhos criados a partir de 1955, quando Yoko Ono compôs o primeiro deles: Lighting Piece / Peça de Acender (1955), “acenda um fósforo e assista até que se apague”. Na exposição, é possível seguir a sua criatividade e produção artística pelos anos 1960, 70, 80, até o presente.

 

Cena de “Liberdade” (1970) com trilha de John Lennon

Entre as obras também há uma série de filmes em colaboração com John Lennon na concepção. Em “Estupro” (77 min, 1969), por exemplo, o músico foi codiretor; e em “Liberdade” (1970), de apenas um minuto, assina a trilha sonora.

 

 

 

Serviço:

Instituto Tomie Ohtake: Av. Faria Lima 201 – Complexo Aché Cultural (Entrada pela Rua Coropés 88) – Pinheiros – Tel. (11) 2245-1900 – www.institutotomieohtake.org.br
Datas: Até 28 de maio
Horários: de terça a domingo, das 11h às 20h
Ingressos: R$12 e R$6 (meia-entrada) na bilheteria ou no site www.ingresso.com; às terças-feiras, entrada gratuita.Crianças até 10 anos, cadeirantes e deficientes físicos têm entrada gratuita todos os dias da exposição.