O relógio de US$ 980 mil e outras estrelas da Alta Relojoaria
20 de março de 2017
Os luxos de Manu Berger
20 de março de 2017
Show all

Que tal um tour luxuoso pela África do Sul?

Desbravamos Cape Town para descobrir o que a mais bela cidade da África do Sul tem de melhor, entre os destaques o One & Only, o mais sofisticado resort do continente. De lá, fomos para um lugar ultraisolado, talvez uma das últimas reservas intocadas do país: a Madikwe, bem na fronteira com a Botswana. Fizemos sete safáris e tivemos uma experiência singular entre leões, zebras, rinocerontes, búfalos, elefantes e outros animais selvagens. Mas, depois de cada aventura, nossa equipe retornava para um dos lodges mais sofisticados do lugar, o Rhulani, imerso no coração das savanas africanas.

Por: Luciano Garcia

CIDADE DO CABO

Com um clima muito agradável e uma natureza sem igual, a charmosa Cape Town é uma cidade cosmopolita, repleta de áreas verdes, praias e edifícios históricos. Tudo isso num cenário marcado por tons vibrantes e um jeito descontraído, alegre, que dá ao visitante a sensação familiar de já ter estado aqui, alguma outra vez na vida. Cape Town também é considerada um dos paraísos da alta gastronomia, por seus restaurantes inigualáveis, além da fama internacional de seus vinhedos.

TABLE MOUNTAIN

Do alto dessa montanha, eleita uma das Sete Maravilhas do Mundo, você pode apreciar a vista da cidade num ângulo de 360 graus. O cenário é arrasador e só se escuta o barulho do vento. O topo da Table Mountain está a 1806 metros de altura, e você chega lá de teleférico em cinco minutos. Quem tiver disposição, pode fazer o percurso por uma das centenas de trilhas que existem ao redor de toda a montanha e que chegam a ter três quilômetros de extensão.

CABO DA BOA ESPERANÇA

Partindo rumo ao sul, pela estrada de Chapman’s Peak Drive, avistamos praias de areia fina e águas geladas que atraem, sobretudo, os surfistas da região. Finalmente, chegamos ao extremo sul da península, onde os oceanos Índico e Atlântico se encontram. Esse ponto virou símbolo de orgulho para os portugueses porque, em 1488, Bartolomeu Dias se tornou o primeiro navegador a avistar essas terras e a dobrar aquele que era então conhecido como Cabo das Tormentas. Mais tarde, D. João II viria batizá-lo de Cabo da Boa Esperança.

VICTORIA & ALFRED WATERFRONT

O centro comercial à beira-mar de Cape Town, conhecido como V&A Waterfront, tornou-se o destino mais visitado da África do Sul. Tendo como pano de fundo vistas magníficas do mar e da Table Mountain, esse boulevard portuário tem restaurantes, bares, discotecas e shoppings. São mais de 400 lojas, com muitas grifes internacionais. Tudo isso intercalado com escritórios criativos, hotéis e apartamentos de luxo. Não deixe de conhecer também Aquário Two Oceans, que está bem perto do V&A Waterfront.

CARA A CARA COM O TUBARÃO-BRANCO

Que tal mergulhar em meio a tubarões-brancos, dentro de uma gaiola? Vá para Gansbaai, uma cidadezinha de pesca a aproximadamente duas horas de carro de Cape Town. A melhor época para essa aventura é entre maio e outubro.

LUXO NO TREM A VAPOR

O trem a vapor Rovos Rail é um do mais luxuosos do mundo e atravessa cinco países africanos: África do Sul, Botswana, Zimbabwe, Zâmbia e Tanzânia. Nele, viaja-se com estilo, requinte e formalidade: as refeições servidas a bordo do vagão vitoriano exigem trajes a rigor e pontualidade britânica!

AS CORES DE BO-KAAP

O bairro malaio de Bo-Kaap é uma parte histórica e pitoresca de Cape Town. É tradicionalmente o lugar onde vivem imigrantes oriundos do sudeste asiático. Todas as casas têm uma profusão de cores e refletem a multiculturalidade e a alegria da atual África do Sul.

VIDA DE INDIANA JONES

Partindo de Cape Town, vou para Joanesburgo. Mas, desta vez, não vou explorar a capital na qual Mandela tanto discursou: de lá, minha rota é ainda mais ao norte. A bordo de um aviãozinho a hélice, observo as inúmeras minas de diamantes por todo o percurso. A paisagem começa a mudar gradualmente. O solo fica mais árido. Estamos no inverno. A África do Sul é um paraíso para os amantes de safáris. Um grande número de reservas permite a observação de grandes animais, como leões, leopardos, búfalos, rinocerontes, elefantes e muitos outros. A fauna é rica e diversificada. Bem na fronteira do país com a Botswuana, fica a Madikwe, uma das reservas mais preservadas.

• A Madikwe Game Reserve, que compreende 75.000 hectares, foi criada em 1991 para restaurar
e devolver à região seu antigo ambiente natural. Os animais não são estressados – prova disso é que os safáris são feitos em jipes sem grades. A Madikwe é conhecida por sua abundante vida selvagem, além de ser uma região livre de malária.

• Para fazer esses safáris, você fica hospedado dentro da própria reserva. Fiquei no Rhulani Safari Lodge, um dos mais luxuosos, que possui uma equipe amável, além de refeições deliciosas!

• Um dia no Rhulani começa cedo. Às 6h, em ponto, o primeiro safári começa, pois os animais noturnos ainda estão à espreita.

• No retorno ao lodge, às 9h30, você é recebido por um saborosíssimo café da manhã preparado com muito capricho pela família do Rhulani. Depois do “breakfast”, o sol está a pino, mesmo no inverno, e nada melhor do que curtir a piscina ou fazer uma massagem na tranquilidade do seu chalé.

• É no inverno, na estação mais seca da África, que fica mais fácil de observar os animais sem interferir na rotina da savana. Eles saem em busca de água pelas trilhas e a vegetação desfolhada permite notar facilmente qualquer movimento.


A SUÍTE PRESIDENCIAL

Conversei com a relações públicas do hotel, Ashleigh Fleming, que deu mais detalhes sobre a extrema sofisticação da suíte presidencial: “São dois apartamentos completos, com camas king size e uma vista de tirar o fôlego. Tecidos neutros dão um ar de residência às suítes. Elas têm capacidade para até 12 convidados e podem ser usadas para jantares particulares ou reuniões de negócios.” Ashleigh explica ainda que as suítes têm cozinha totalmente equipada, com entrada separada, que permite o acesso do mordomo 24 horas ou de um chef particular. Para completar, essa luxuosa suíte presidencial também conta com academia de ginástica e cama para massagens.

ONE & ONLY

Incrustrado entre montanhas e quedas d’água, o resort de luxo One&Only está situado no elegante distrito Victoria & Alfred Waterfront e foi inaugurado em 2009. Ele tem 131 apartamentos e vista para a marina e para a estonteante Table Mountain. O resort oferece luxuosos serviços e serve como porta de entrada para inúmeras experiências no continente – de safáris a praias desertas, além de tours para a região dos vinhos, de renome mundial.


SERVIÇO

Agradecimento especial à Flavia Pacheco, da Spoke  (www.spoke.com.br), relações públicas no Brasil da rede de hotéis One & Only, e Ashleigh Fleming, diretora de comunicação e PR do One&Only em Cape Town, que gentilmente convidou Go’Where Luxo para essa viagem.

• QUEM LEVA
A South African Airways foi nossa parceira nessa viagem e tem voos diretos partindo de São Paulo a Joanesburgo, e de lá para Cape Town. www.flyssa.com

• ONDE FICAR
ONE & ONLY CAPE TOWN www.oneandonlyresorts.com
RHULANI SAFARI LODGE  www.rhulani.com

• TOURS E PASSEIOS
www.jarattours.co.za

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − dez =