Desde sua estreia, em outubro de 1995, e ao longo de 95 edições, GoWhere tem focalizado o suprassumo do mercado AAA do Brasil e do mundo – incluindo pessoas que são um luxo só. Veja aqui, ano a ano, quem aconteceu, e ainda acontece, nas páginas de GoWhere

Silvia Poppovic Sucesso na TV

Na época, a jornalista e apresentadora Silvia Poppovic estava em alta. Tinha um programa diário de sucesso na Band, no qual discutia temas ligados ao cotidiano. Desde então, ela passou por várias emissoras, mas está fora do ar desde o início do ano, quando se desligou da Band – casa à qual tinha voltado.

Paulo Autran Minha São Paulo

O ator Paulo Autran era um carioca apaixonado por São Paulo, que, à época, havia passado 67 dos seus então 73 anos na capital. Era um paulistano de fato. No quesito garfo e faca, ele relacionou suas preferências na matéria de dezembro de 1995: “Meu restaurante preferido na cidade é, sem dúvida, o Maria Zanchi de Zan. Vou também ao La Vecchia Cucina e ao Dressing. Não sou muito chegado a cantinas barulhentas, mas, por força de hábito, uma ida à tradicional Speranza, na Rua 13 de Maio, ainda é um programa quase obrigatório, apesar das filas”. Tanto o Maria como o La Vecchia fecharam suas portas.

Alex Atala O despertar de um chef

Naquele ano, começava a despontar um jovem chef, ex-hippie e ex-mochileiro na Europa, chamado Alex Atala – que hoje comanda o quarto melhor restaurante do mundo, o D.O.M. No comando da cozinha do hoje extinto Filomena, ele começava a mostrar traços de seu grande talento

Nove mestres da gastronomia paulistana apresentavam suas especialidades.

Os chefs: Luciano Boseggia (Fasano), Alex Atala (Filomena), José Pereira (Le Coq Hardy), Laurent Suaudeau (Laurent), Demerval Despirite (Marcel), Emmanuel Bassoleil (Roanne), Antonio Alves de Oliveira (Antiquarius) e José Alencar (Santo Colomba).

Beatriz Segall

Dizia a grande atriz: “O paulistano acha que vida cultural é ir ao cinema, ir ao teatro e depois ao restaurante. Para mim, vida cultural é uma atividade permanente e constante, que você faz em casa ou fora de casa, com amigos. Enfim, isto deveria ser uma preocupação a todo momento, que eu ainda não descobri em São Paulo.”

Sig Bergamin

O arquiteto dos poderosos já um dos profissionais mais respeitados no glamouroso mundo da decoração. Estilo inconfundível, com ideias mirabolantes e resultados surpreendentes. Nesse ano, ele completava 20 anos de atividade e dividia seu tempo entre os escritórios de São Paulo e Nova York.

 César Giobbi

Considerado um dos maiores colunistas sociais do País, o jornalista César Giobbi teve durante anos uma coluna no jornal O Estado de São Paulo.

 Adriane Galisteu

Ascensão de uma estrela Naquela época, a apresentadora Adriane Galisteu estava prestes a estrear um programa na MTV, além de lançar uma linha de joias com seu nome.

Faustão

“Eu cito alguns restaurantes indispensáveis para quem aprecia bons pratos: o Antiquarius, o La Tambouille, o Fasano e as três grandes churrascarias: Rodeio, Esplanada Grill e o The Place.”

Narcisa Tamborindeguy

Ai, que loucura! Muito antes de se tornar uma das Mulheres Ricas, reality show exibido pela Band, Narcisa tinha lançado um livro com seu bordão como título: Ai, que loucura!, com histórias da sociedade carioca.

Claudia Raia

Quando foi capa de Go Where, a atriz Cláudia Raia era casada com o ator Edson Celulari e o casal tinha apenas o Enzo, na época com três anos. Envolvida com as gravações da novela Terra Nostra, estava prestes a entrear o musical O Beijo da Mulher Aranha.

Marieta Severo

Alma de atriz Em 2000, antes de dar vida a Dona Nenê, em A grande Família, a atriz Marieta Severo brilhava no papel de Alma, na novela Laços de Família.

Amaury Jr, Alicinha Cavalcanti, Alice Carta e Rosana Beni

Os “festeiros da cidade” organizam e divulgam as festas mais concorridas das noites paulistanas. Experts em difundir alegria, produzir glamour e proporcionar resultados positivos, o quarteto já tinha grande prestígio nas altas rodas da sociedade paulistana. Ter o nome no mailing list deles era privilégio para poucos mortais. Esses agitadores da noite até hoje sabem tirar de letra qualquer saia-justa.

Karina Bacchi, Patrícia de Sabrit e Virgínia Novik, num ensaio de joias, encarnaram grandes divas do cinema mundial, como Sophia Loren, Brigitte Bardot, Marylin Monroe e Audrey Hepburn

Luciana Gimenez

A Superpop da TV. No auge do sucesso do seu programa, Luciana abriu o jogo sobre posar nua, o relacionamento com o popstar Mick Jagger e o filho Lucas.

Christiane Torloni

Com quase 20 novelas, mais de 10 peças de teatro e cerca de 14 filmes no currículo em 28 anos de carreira, Torloni se supera a cada trabalho. Seu talento aliado a sua belezas tem lhe rendido personagens de sucesso.

Tony Ramos

Ele Batalhou sozinho seu primeiro emprego na TV com 14 anos de idade. Bateu na porta da TV Tupi, pediu permissão para entrar e nunca mais saiu da nossa telinha. Em 2003, com 55 anos de idade e mais de 40 de carreira, é um dos recordistas em novelas. Nesta época estava encenando a novela Mulheres Apaixonadas, trama global de maior ibope da rede.

Marcelo Duarte

A curiocidade de um curioso O jornalista Marcelo Duarte consagrou-se com seu fino faro para descobrir coisas e pessoas surpreendentes de São Paulo. Nessa matéria, ele revelava seus programas preferidos na cidade, como comer um croissant na padaria Benjamim Abrahão

Cristiane Saddi

“Quando eu era criança, morava perto do Parque Ibirapuera, e a gente andava naquele barquinho que atravessava o lago. Era uma delícia! Pra mim, o Parque Ibirapuera era a minha Disneylândia. E fazer piquenique no chão? Eu adorava!Eu fiz piquenique com meus filhos. Podem me chamar do que for (risos)”

Maria Fernanda Cândido

Ainda amamentando seu filho, hoje com seis anos, a linda atriz estrelava a peça Pequenos Crimes Conjugais

Reynaldo Gianecchini

O então novato galã saía de seu primeiro sucesso na TV, o mecânico Paschoal da novela Belíssima, para estrelar uma peça de teatro. Estava casado com Marília Gabriela e falou de seus sonhos

Ricardo Boechat: O caçador de notícias

O mais badalado âncora do Brasil revelava o making of de um furo jornalístico

Hebe Camargo A diva do Brasil

Uma linda capa com a apresentadora, que completava 80 anos, no auge do glamour e da alegria. Os três anos seguintes seriam nossos últimos com ela.

Cris Barros Peça única

Uma entrevista com a estilista mais fashion da cidade revelava as tendências da moda e seu romance com o milionário Toninho Abdalla

Fábio Jr. e Fiuk Tal pai, tal filho

Nas edição dos 15 anos de GW, uma linda capa com uma dupla inusitada – Fábio Jr. e seu caçula, o novo astro Fiuk, cópia do pai no talento e na personalidade.

Ricardo Almeida: Sob medida

Por que um terno de Ricardo Almeida é hoje um ícone da moda masculina?

Leia essa e outras matérias na Go’Where n° 95

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 4 =