5ª etapa do Concurso Jovens Talentos

dhc_8413_abre

A Universidade UNIP sediou a quinta etapa do concurso promovido pela revista Go’Where Gastronomia, que vai premiar os jovens talentos das principais universidades de gastronomia de São Paulo

dhc_8071
A quinta etapa do Concurso Go’Where Gastronomia Jovens Talentos, promovido pela revista Go’Where Gastronomia, com apoio da Ajinomoto, teve sua quinta e última etapa realizada no dia 4 de outubro na sede da Universidade UNIP, unidade Gastronomia, no bairro do Jaguaré.dhc_8155

 

 

Nesta primeira fase do concurso, duplas de alunos de cada uma das cinco universidades de Gastronomia participantes prepararam pratos temáticos e disputaram entre si o direito de representar sua escola na grande final.

 

dhc_8342
A prova entre as duplas de alunos da UNIP teve como tema receitas de peixes. O júri foi composto pelos chefs Luizinho Hirata, do Tatá Sushi, Roberto Satoru, do Ícone Gastro Rock e Flávia Marioto, da Mercearia do Conde.dhc_8172

 

 

 

ajinomotoLuciana Dantas, coordenadora de treinamento da Ajinomoto, proferiu uma pequena palestra antes da prova explicando como surgiu o Ajinomoto, as pesquisas da empresa para desenvolver diversas aplicações do produto na culinária e nas receitas regionais e prestar apoio a profissionais e restaurantes.

“A importância deste concurso é enorme, pois os chefs e os futuros chefs podem descobrir a possibilidade de levarem para suas cozinhas a agilidade e a qualidade dos nossos produtos, que irão realçar ainda mais o sabor das suas receitas. Deixar o que é gostoso melhor ainda!”

 

 

 

 

dhc_8345
Em seguida, os alunos fizeram seus pratos sob a supervisão dos chefs, que interagiram demonstrado técnicas e dando dicas. Após o tempo estipulado, cada dupla submeteu seu prato para a avaliação dos jurados, que julgaram escolha do prato e dos ingredientes, técnica de preparo, harmonia da dupla, finalização, sabor e apresentação.

 

 

 

dhc_8258“Peixe não é fácil. Escolher o pescado mais adequado para o que a receita pede é importante. É preciso também saber manipular. No final, tem que ter um cuidado extremo em acertar o ponto e caprichar na apresentação, porque é o começo do que o cliente vai te avaliar.” Roberto Satoru.dhc_8263

 

“Em primeiro lugar é preciso saber de onde vem o peixe e se é de água doce ou salgada… Depois, conhecer bem as técnicas básicas de cozimento e as possibilidades de uso. É preciso abrir a cabeça para todos os tipos de culinária do mundo. Experimentar muitas possibilidades para criar um ‘saber do paladar’. E depois criar em cima de tudo isso para chegar a um prato verdadeiramente autoral.” Flávia Marioto.dhc_8254

 

“Com peixe é fundamental aprender a história, a origem, as técnicas básicas, os custos… Precisa saber também usar os peixes sazonais e o tipo de corte de cada um. Peixe tem uma carne muito sensível e não dá para corrigir. E, finalmente, escolher o molho e o acompanhamento certos para não ofuscar o sabor do peixe, que é alma do prato.” Luizinho Hirata.

 

A grande final será no fim de outubro em um super evento promovido pela revista com um júri de altíssimo nível e o tema “Cozinha Brasileira Saudável”.

Confira os pratos preparados pelas duplas da UNIP:

dhc_8117Edith Del Rosario Astorga Sagredo e Ana Paula Aparecida da Silva
Surpresa tropical de concrio rosa e mexilhãodhc_8281

 

Djalma Barbosa de Paiva Neto e
Iris Souza de Oliveira Guimarães
Pintado na brasa ao molho de banana da terra e farofa de castanha do Pará

 

dhc_8330Marcos Vinicius de Sousa O. Moura e Jones Gomes Brandão
Lombo de pirarucudhc_8373

 

Sonia Regina Tasi e André Lucas Avelino da Silva
Tartare de arenque e mousse de avocado com gateau de cenoura e molho vinagrete de castanhas do Pará

 

 

dhc_8401Eliana Quaglio e Maria de Fátima
Filé de badejo em crosta de amêndoas