De portas abertas: confira as novidades gastronômicas de SP

Portugal, Espanha e Oriente são algumas das especialidades dos novos restaurantes da cidade

Por Shirley Legnani

Girarrosto
Delícias giratórias
O endereço que abrigou por décadas o célebre restaurante Pandoro passou por reformas durante dois anos e agora reabre como Girarrosto – nome de um forno a lenha giratório para assados lentos. O empresário Paulo Kress não economizou:a nova casa exigiu investimento de 10 milhões de reais.
Da Terrinha
Conta leve
Após passar pelo restaurante A bela Sintra, implantar o Bacalhoeiro e abrir o Tasca da Esquina em sociedade com o chef Victor Sobral, o restaurateur Norberto Moutinho, português natural do Porto que escolheu o Brasil para viver e formar família, sentiu-se seguro para abrir sua própria casa, o Da Terrinha, numa pacata rua de Moema. Defensor da tese de que um bom bacalhau não tem necessariamente de ser caro, Norberto propõe uma cozinha lusitana com excelente custo-benefício.
NaDeli
Comida sensível
Nesta versão restaurante da festejada NaDeli Delicatessen, no Paraíso, a proposta das sócias Martha Autran e Flávia Albuquerque Lima, na nova casa do Itaim, é uma cozinha com “alma”, ou seja, com toque de tradição e culinária caseira.
La Madrileña
Tapas e vinhos
O badalado bairro de Pinheiros ganha um wine bar e restaurante especializado 100% em vinhos espanhóis, o La Madrileña.
Pecorino Trattoria
Mais um
Funcionando junto com a doçaria Leo Dolci, a Pecorino Bar e Trattoria abre nova unidade no bairro da Vila Nova Conceição. Já sucesso nos Jardins, a casa tem cardápio com receitas tradicionais da Itália, como o Ravióli de formaggio de capra e o Calamari ripiene con polenta alla griglia (lulas recheadas de camarão com molho de tomates acompanhadas de polenta grelhada).
Restô Augusta
Mediterrâneo à mesa
O chef Rodrigo Libbos, ex-Kebab Salonu, inaugura o Restô Augusta no mesmo endereço de seu antigo restaurante. No cardápio, pratos e ingredientes do Mediterrâneo ocidental (Itália, Grécia, Espanha, Portugal, França, Turquia, Líbano, Síria e Marrocos).
Veja a matéria completa na revista Go’Where Gastronomia nº50.