Do empório à mesa

Do empório à mesa

Para comer fora ou levar para casa? Os apaixonados por gastronomia têm a seu dispor uma seleção de restaurantes onde, no mesmo espaço, se pode não apenas comer bem como levar para casa ingredientes refinados e até exóticos para brincar de cozinhar ou presentear.

Fotos: Mauro Holanda
Texto: Mariana Galante
Produtora fotográfica: Tereza Galante

Rancho Português

Rancho Português

Prato: Alheira Tradicional

O típico casarão português recebe os clientes com vagas de estacionamento sob a sombra de uma grande parreira, em plena Avenida dos Bandeirantes. Ao entrar no enorme salão, os clientes passam pelo empório antes de chegar à mesa. Mais de mil itens à venda inspiram a viajar, a cozinhar para os amigos e abrem o apetite. São variedades de azeite português, bacalhau seco ou congelado, vinhos, louças da região do Alentejo feitas à mão e por aí vai. Ao receber o cardápio, tem-se uma detalhada explicação sobre o monumental Leitão à Bairrada, o carro-chefe da casa, que pode ser servido no salão ou encomendado para levar. Mais de 15 opções de bacalhau também conquistam os clientes do Rancho – do tradicional bacalhau à Bras, desfiado, até o Bacalhau da Rampinha, em posta, receita tradicional da região do Porto. O Cozido à portuguesa, o Caldo verde, as sardinhas e a alheira também não poderiam faltar.

A Alheira, um embutido tipicamente lusitano, também pode ser comprado no empório e feito em casa. Para finalizar, como na Terrinha, a difícil escolha entre os clássicos pastéis de nata, arroz doce ou rabanada ao vinho do Porto.

Dalva e Dito

Dalva e Dito Chef Alex Atala

Prato: Polvo Crocante, Risoto de Brócolis com Camarão

Além do estrelado D.O.M. conceitual e contemporâneo, o chef Alex Atala empresta seu talento ao menu do restaurante Dalva e Dito, que homenageia a culinária tradicional e caseira do Brasil. E numa entrada lateral da casa, no bairro dos Jardins, foi aberta uma mercearia com ares de interior. Balcão rústico de madeira, balança de ferro e galinhas decorativas de louça fazem graça para quem quer voltar no tempo. Goiabada, doce de leite, pães, manteiga de garrafa, biscoito de polvilho, bolo de cenoura com cobertura de chocolate, pé de moleque, baleiro de vidro como antigamente e frangos assando na famosa “televisão de cachorro”. Tudo para viagem. Para comer por lá, brasilidades caprichadas, como Pato no Tucupi, Língua bovina ou Polvo crocante e risoto de brócolis com camarão.

Eat

Eat

Chefs: Bertone Vieira e Ariana Costa.

Prato: Peito de Frango Grelhado ao Azeite Rústico de Ervas e Risoto de Tomate Seco com Rúcula.

O espaço de 1500 m² fica no bairro da Vila Olímpia e foi inaugurado no fim de 2012 com tudo para quem ama gastronomia. Logo na entrada, um café para receber quem está apenas dando uma passadinha. O Wine bar é perfeito para um encontro de fim de tarde com petiscos e 12 opções de rótulos em taça. Ao fundo do salão, mais reservado, está o restaurante para até 150 pessoas. Comandada pelos chefs Bertone Vieira e Ariana Costa, a cozinha serve um caprichado menu à la carte, com pratos como o Peito de frango grelhado com azeite de ervas rústicas e risoto de tomate seco com rúcula.  Os ingredientes para este e tantos outros pratos podem ser comprados ali mesmo e levados para casa.

“O legal aqui do empório é que tem desde ingredientes mais simples, como azeitonas, até os mais sofisticados, como pistilos de açafrão”, indica Ariana Costa. Na seção de pratos prontos, cerca de 50 diferentes produtos preparados através da técnica sous vide são oferecidos para que o cliente possa apenas finalizar o prato em casa. Graças à técnica sous vide, de cozimento a vácuo, o cliente leva um produto de qualidade, que não é congelado, apenas resfriado, e que em aproximadamente 15 minutos fica pronto e com sabor de um prato preparado num restaurante cinco estrelas.

Modi

Modi

Chef: Diogo Silveira.

Pratos: Fusili Fresco com Ragú de Linguiça Picante. Paleta de Cordeiro  Assada com Tagliatelli e Legumes ao Molho de Ervas.

Com nome que faz homenagem ao pintor Amadeo Modigliani, a primeira filial do Modi abriu em junho num bonito e amplo espaço anexo ao shopping Higienópolis. Entre o público refinado da região, os mais descolados param para almoçar ou jantar no bem decorado salão ou mesmo na varanda, toda colorida e alegre, com vista para as árvores do pátio. Uma boa pedida é um lanche da tarde entre 16 e 19h, quando é possível escolher um pão fresquinho do empório, que fica dentro do restaurante, e um potinho de antepasto – e pedir para o garçom trazer à mesa, em minutos, um sanduíche personalizado, montado na hora. Para acompanhar, um chá gelado do dia, sempre saboroso, ou um aperol, entre tantas outras boas opções de bebidas. Para quem gosta do desafio de reproduzir em casa uma receita do restaurante, o chef e proprietário Diogo Silveira facilita. São mais de 50 produtos à venda no pequeno armazém da casa, entre massas, queijos, embutidos, molhos e até mesmo aventais e utensílios de cozinha. A ideia é dar seu toque pessoal sem ter que entender muito do ofício. Uma mão na roda para quem ama a comida do Modi e quer impressionar os convidados em sua própria casa.

Lá da Venda

Lá da Venda

Chef: Heloisa Bacellar.

Prato: Peixe do Dia, Crocante de Granola e Purê de Banana.

Estacionada na porta, uma bicicleta retrô com a cesta cheia de flores indica aos passantes que há ali algo de muito charmoso acontecendo. Na varanda, o público descontraído do bairro da Vila Madalena toma um café com pão de queijo, um sorvete artesanal, um chá com bolo bem caseiro. Ao entrar no restaurante, não vemos mais as mesas, mas logo os olhos se dirigem a paninhos de prato bordados à mão, panelas de ágata coloridas, bonecas de tecido, canecas, bules, lápis, caderno e toda sorte de miudezas que alguém pode precisar – até mesmo penicos, pendurados no teto. Uma explosão de cores em
que cada detalhe lembra um armazém do interior de antigamente.

A chef e proprietária Heloisa Bacellar gosta de provocar essas lembranças. Depois de se surpreender com os itens vendidos na casa, chega-se ao quintal dos fundos do sobrado restaurado, na Rua Harmonia.

Lá, entre latinhas de óleo com plantinhas na parede e caixas de biscoito retro, os clientes aproveitam a luz natural para degustar pratos como o Feijão cozido com carne seca e defumados, servido com farofa de farinha de milho, couve e arroz branco; ou o Peixe do dia crocante com purê de banana, que leva crosta de granola salgada, também vendida para viagem no armazém.

Serviço

Dalva & Dito
R. Padre João Manuel, 1115.

Eat
Av. Dr. Cardoso de Melo, 1191.
Tel. 5643-5353.

Lá da Venda
R. Harmonia, 161.
Tel. 3037-7702

Modi
Shopping Pátio Higienópolis
Av. Higienópolis, 618.
Tel. 3823-2663

Rancho Português
Av. dos Bandeirantes, 1051.
Tel. 2639-2077.