Miami on the table

Zuma

Brasil, capital Miami. Em certos momentos de nossa euforia econômica, brasileiros invadiam a cidade nas férias de julho (verão lá) e de janeiro (verão cá), como quem vai a um balneário no litoral norte de São Paulo. Muitos até compravam imóveis na cidade – e mais baratos que no Brasil. Mas, mesmo quem hoje vai à Flórida com dólar a mais de quatro reais vai frequentar a exuberante cena gastronômica de Miami. Eis um roteiro top.

Por Celso Arnaldo Araujo


 

Zuma

Foto: Divulgação / James Shearer

Zuma
Chic informal

Um dos poucos restaurantes top de Miami localizados em downtown, traz o premiado estilo do chef Rainer Becker, um dos mestres ocidentais da cozinha japonesa contemporânea. O Zuma é uma marca registrada dessa cozinha – com endereços em Londres e Dubai. O Zuma Miami, no primeiro andar de um hotel, segue a fórmula: cozinha sofi sticada com um estilo de serviço que convida à informalidade – o “Izakaya”, baseado no compartilhamento de pratos à mesa. Seus tempuras de camarão e limão e o de lagosta são famosos.

EPIC Hotel & Residences, 270
Biscayne Boulevard Way.
Tel.: 305 577 0277


 

Baoli

Foto: Divulgação / Bill Wisser

Bâoli
Balada gourmet

Localizado no coração de South Beach (o agito gastronômico de Miami), o Bâoli combina a alta culinária com a badalação típica do pedaço. Mais tarde, DJs famosos dão o tom. A cozinha fusion do chef Vertone faz, por exemplo, uma ótima robata de salmão orgânico grelhado. Muito além da comida, Bâoli se tornou um dos endereços mais quentes de Miami – por sua atmosfera romântica, num pátio em meio a árvores. Aos sábados, um brunch em ritmo de balada.

1906 Collins Ave.
Tel.: (305) 674-8822


 

Joe's Stone Crab

Foto: Divulgação

Joe´s Stone Crab
Patinhas irresistíveis

Talvez o mais badalado restaurante de Miami, com filas diárias, e sem aceitar reservas, o centenário Joe´s ficou famoso pelo prato que lhe dá nome: patinhas suculentas do Stone Crab, um caranguejo “sustentável”.

Os pescadores retiram apenas uma de suas patas e o devolvem ao mar – onde a pata extraída crescerá de novo. A iguaria realmente vale a visita, com um sabor próximo ao da lagosta. Preços convidativos, a começar pela bisque de Stone Crab, deliciosa, a meros U$ 9,95. Várias opções de peixes, frutos do mar e carnes para quem não quer provar o Crab sustentável.

FL11 Washington Avenue, Miami Beach.
Tel.: (305) 673-0365


 

Hakkasan

Foto: Divulgação

Hakkasan
Impecável

O majestoso hotel Fontainebleau, em Miami Beach, aberto em 1954, é um dos ícones dos anos dourados da Flórida, com seus1504 apartamentos – e vale a visita, sempre. Mas o preço para hospedagem ali começa em 1.600 reais (com o dólar a 4) e fica mais barato conhecer esse mito da hotelaria americana visitando o restaurante Hakkasan, ali instalado. Culinária chinesa cantonesa, com apresentação impecável e uma atmosfera contemporânea, mas aconchegante, serve delícias como o Silver Cod assado com champagne e mel e uma crocante salada de pato.

4441 Collins Ave, Miami Beach.
Tel.: (786) 276-1388


 

Ouvia

Foto: Divulgação

Juvia
Franco-japa- peruano

Com vista maravilhosa, a partir do topo de um prédio na Lincoln Road, Miami Beach, a cozinha do Juvia tem tripla inspiração: francesa, japonesa e peruana. Na área externa, para as noites de verão, uma vista incrível da cidade. Nas entradas, o Foie gras selado acompanhado por uvas, chutney de manga e maçã e avelã se destaca. Entre os pratos, há uma Vitela com confit de limão, frutas secas e purê de batata. Preços razoáveis – não mais do que 100 dólares por pessoa, entre entrada, prato principal e sobremesa.

1111 Lincoln Road.
Tel.: (305) 763-8272


 

Il Sole

Foto: Divulgação

Il Sole
No mundo de Versace

A Mansão Versace é um dos pontos turísticos mais visitados de Miami, não só por sua fabulosa arquitetura como por circunstâncias biográficas – o estilista foi assassinado dia 15 de julho de 1997 na escada que leva à porta principal. Depois de sua morte, a casa ficou fechada todos esses anos. Mas há dois anos ela foi aberta ao público com um hotel e um restaurante. A casa é realmente espetacular. São dois mil metros quadrados com três andares, em estilo mediterrâneo, dez dormitórios (hoje o hotel The Villa by Barton G (a 1.500 dólares a diária), onze banheiros e uma piscina com incrustações de ouro 24 quilates, para onde dão todos os aposentos da casa. Num deles, fica o restaurante Il Sole, italiano como Versace. A comida não é memorável. Mas a Mansão Versace é.

116 Ocean Dr, Miami Beach.
Tel.: (786) 485-2200