A Cantina e Pizzaria Speranza lança receita de família

SPERANZA-1_abre

A Cantina e Pizzaria Speranza disponibiliza no seu menu o Tortano de Escarola, uma receita de família, para continuar sua história de 58 anos de sucesso e de contribuições à gastronomia paulistana

Speranza_salao
A Cantina e Pizzaria Speranza enriquece seu cardápio fixo com uma tradicional receita da família Tarallo: o Tortano de Escarola, que antes era só feito sob encomenda ou em datas específicas. Ele passa a integrar o cardápio da casa ao lado do consagrado Tortano de linguiça, que a família Tarallo trouxe para o Brasil nos anos 50 e que é considerado por muitos o melhor “pão de linguiça” de São Paulo.IMG-20170418-WA0003

 

A mesma massa robusta, que ninguém consegue imitar, envolve um recheio feito com a verdura refogada e temperada com alici, alcaparras e azeitonas pretas, com pedaços generosos de mussarela. A delícia pode ser pedida também em fatias gratinadas, com creme feito de catupiry, mussarela e parmesão.

 

Fachada da cantina do Bixiga no início da década de 60

História
Curioso em saber um pouco mais da história desta icônica pizzaria e da família Tarallo? Pois tudo começou com a vinda da família Tarallo de Nápoles para o Brasil, no final dos anos 50. Fincou âncora em São Paulo e aqui passou a reproduzir as receitas napolitanas. Seo Francesco, Dona Speranza e os filhos Giovanni e Antonio fixou residência e reproduzia na pequena casa as redondas como feitas na sua origem. Aquela pizza era mesmo diferente das que se conhecia por aqui e ela começou a ficar conhecida.

FILE SPERANZA XIX

Inauguração da unidade de Moema em 1979

Em pouco tempo os Tarallo se mudaram para o Bixiga, o bairro já consagrado como cantineiro, de imigrantes italianos, e ali, no casarão de número 1.004 da icônica Rua Treze de Maio, passaram a morar e ali abriram a Speranza, onde está até hoje.

Quase 20 anos depois, em 1979, a família mudou-se para Moema, onde abriu a filial, na Av. Sabiá. Seo Francesco, responsável pelas pizzas e pela animação nos salões – gostava de cantar canções italianas próximo às mesas – faleceu ainda nos anos 60, mas já podendo vivenciar o início do sucesso de seu negócio que foi administrado pelo filho Antonio e pela esposa. Dona Speranza inaugurou com Antonio a filial de Moema e ainda viveu muitos anos, até 1990. O filho Antonio, pai dos atuais proprietários, faleceu em 2006, mas não sem ter colocado seus quatro filhos na convivência diária com a pizzaria. Hoje, Paola Tarallo Altieri, a segunda filha, é a diretora. A primogênita, Monica Tarallo, e o caçula, Francesco Tarallo, são responsáveis pela gastronomia e a irmã Marcela, participa de todas as decisões do negócio.

FILE SPERANZA XV

Seo Francesco cantando no salão da cantina

 

Pioneirismo
Até os Tarallo chegarem ao Brasil, a pizza do jeito napolitano de se fazer não era conhecida na cidade, muito menos a Margherita, símbolo de Nápoles, cidade berço da pizza. A família trouxe essa delícia para a gastronomia paulistana, assim como o genuíno pão de linguiça napolitano, o Tortano, o Calzone (a pizza fechada) e a Pastiera di Grano do jeito que se faz no Sul da Itália, receita original da família. Todas essas delícias são ainda os ícones da Speranza, reproduzidas fielmente até hoje. Trouxeram, acima de tudo, o jeito napolitano de se fazer pizza: massa média, com bordas generosas, aberta com as mãos (nunca com rolo), farto molho de tomates frescos e coberturas em harmonia de quantidades, sem se sobrepor à massa, assada em forno a lenha em altíssima temperatura.

 

Speranza Moema
Av. Sabiá, 786 – Tel.: (11) 5051-1229 / 5051-7615.
www.pizzaria.com.br / atendimento@pizzaria.com.br

Speranza Bixiga
R. 13 de Maio, 1004 – F. (11) 3288-8502 / 3288-3512 – www.pizzaria.com.br / atendimento@pizzaria.com.br