Novos drinks do Frank Bar

O Frank Bar – espaço localizado dentro do Macksud Plaza e que homenageia o cantor Frank Sinatra -, comemora seu primeiro ano de sucesso. E para celebrar a data, o bartender Spencer Jr criou uma nova carta de drinks

batida

Batida de coco e abacaxi: brasilidade pura

Um local aconchegante, com música de qualidade e com excelentes drinks para relaxar após um corrido dia na capital paulista. Estamos falando do Frank Bar, espaço que fica dentro do icônico Macksud Plaza e que faz uma homenagem ao cantor Frank Sinatra, que se apresentou no hotel em 1981.

Do balcão do Frank Bar saem drinks perfeitos, todos feitos sob a tutela do bartender Spencer Amereno Jr, que traz história da coquetelaria mundial e importantes influências para as suas criações.  “Minha abordagem na coquetelaria é inspirada na história, principalmente quando ela surgiu, no fim do século 18 até o fim do século 19. Tento manter a essência, mas adaptada ao paladar atual, utilizando técnicas e abordagens modernas, de vanguarda.”

Para celebrar o primeiro ano de vida do Frank Bar, Spencer Jr. criou 14 drinks exclusivos. Entre eles há uma homenagem a Frank Sinatra – o The Drunk Way, com teor alcoólico médio-alto e que leva bourbon, porto white extra dry e tintura de puxuri. Outra novidade com influência da New Orleans do século XIX, o Rumffignac – um trocadilho com o drink original Roufgnac -, que leva Bacardi 8, himbeer essig (xarope fermentado de framboesas), baunilha e CO2.

Mistura globalizada. As influências para criar os drinks oferecidos na casa vem dos quatro cantos do mundo, inclusive do Brasil. Esse é o caso da Batida de Coco e Abacaxi com cachaça, creme de coco queimado, abacaxi e cumaru. Outra opção, criada pelo sub chefe do bar, José Ronaldo, é o Café da Manhã Nordestino que leva Jim Beam Black, manteiga, xarope de café com especiarias, limão tahiti, ovo inteiro e cacau 100%, provando que a criatividade é o principal ingrediente da carta. Já do México, veio a inspiração para o Nahua Cooler, drink à base de tequila, tepache (uma fermentação de casca de abacaxi), mahaleb, sal e tintura de lúpulo Mosaic.