2019 à sua moda

Os últimos meses de 2018 foram repletos de desfiles no Brasil e mundo afora, onde as principais grifes apresentaram suas tendências para o verão e para o inverno de 2019. E para saber quais as apostas que valem a pena serem seguidas, confira nossa seleção com o melhor das temporadas de moda.

Por: Cibele Carbone

SALVATORE FERRAGAMO A força do clássico

A visão para o amanhã aliada à tradição é o mote da coleção Spring/Summer 2019 de Paul Andrew e Guillaume Meilland. A marca explorou o utilitarismo do vestuário de trabalho e o luxo de matérias-primas e acabamentos. Cores arrojadas, como esmeralda, azul caribenho, violeta, laranja e vermelho, aparecem pontuais na paleta neutra marcada por cáqui e off-white. Vale destacar o trabalho feito com linhos e organzas justapostos com couros.


BURBERRY Mix eclético

A coleção de estreia de Riccardo Tisci para a Burberry homenageou a individualidade, a excentricidade e a atitude da Grã-Bretanha. Batizada de Kingdom, a linha Spring/Summer 2019 é um verdadeiro caldeirão de estilos, indo do punk até o refinado, todos coexistindo.


LOUIS VUITTON  Sci-fi fashionista

Nicolas Ghesquière trouxe para as passarelas o futurismo retrô e o empoderamento feminino, que serviram de inspiração para a coleção Spring/Summer 2019 da grife. Estampas que nos remetem às galáxias, cintos de metal e minivestidos com mangas que lembram o traje dos astronautas chamam atenção. Ombros marcados, mangas volumosas e calças de cintura alta também estão presentes na coleção. 


GLORIA COELHO Liberdade de escolha

Um passeio por várias décadas, que vai dos anos 1960 até os dias de hoje. Essa é a proposta de Gloria Coelho para a temporada de inverno. O resultado é uma coleção criativa, que mescla tendências como punk, surrealismo e arquitetura escandinava, mas sob o olhar único da estilista. Tem vestido que pode ser usado solto ou estruturado, como se fosse de uma boneca de papel.
Calça com detalhes em zíper. Detalhes de flores e jardins, bem ao estilo hippie-chic.


OSKLEN Fluidez náutica

A coleção Oceans Spring/Summer 2019 da grife traduz a fusão do universo náutico com os uniformes de mergulho e a poesia acerca do personagem do pescador. As peças combinam matérias-primas tradicionais, como linho, seda, tricô manual de corda náutica e sarja de algodão; com palha de seda, lona eco, couro de salmão e pirarucu e palha de piaçava. As cores que predominam nas peças fluídas e confortáveis são off-white, ouro, coral, tons de azul e preto.


LILY SARTI Colorido oitentinha

A estética dos anos 1980 reina na coleção de inverno, mas sem abafar o DNA da grife. A cartela de cores é marcada por tons como amarelo, azul, camelo, cereja e ocre. Mas os clássicos off-white, preto e xadrez também aparecem sem timidez. Calças, casacos, vestidos e saias, todos com uma silhueta mais ampla, surgem em tecidos como chiffon de seda, couro de cabra, crepe, georgete de seda, jacquard de algodão, jacquard de viscose e veludo cotelê.


PATRICIA VIEIRA Força do feminino

O inverno da grife traz a cultura e a beleza encontrada na natureza do Peru. A designer brasileira Natalia Rios contribuiu para coleção com seus bordados feitos à mão. Outra parceria importante é com o estilista Alexandre Matos, que criou shapes perfeitos e uma alfaiataria precisa e requintada. Com cartela de cores variadas, vestidos, saias, bodies, camisas e jaquetas surgem em tons terrosos e também em cores fortes, como nas peças metalizadas.


BOBSTORE Pegada western

O ponto de partida para o inverno da Bobstore foram as obras da pintora americana Georgia O’Keefee do período em que ela viveu no Novo México. Os diretores de estilo, André Boffano e Samuel Santos, criaram peças para uma mulher feminina que busca sofisticação e versatilidade. O grande destaque é o tricô, que aparece em camadas, sobreposições e franjas, e que, junto ao couro e à camurça, explora o boho em diferentes texturas.


MODEM Shapes alongados

A coleção de inverno explora a arquitetura e as artes plásticas e tem uma cartela de cores ampla e viva, que passam pelo cáqui, marrom, lilás, azul, verde e tons metalizados. Destaque para as estampas multicoloridas inspiradas no trabalho do designer e arquiteto Rodrigo Ohtake, em referência a diversos movimentos da arte contemporânea. As peças possuem shapes estruturados e alongados, proporcionados pelos diversos couros, tecidos tecnológicos e tricôs. A coleção também é composta por recortes, assimetrias e influências do 3D, além dos desdobramentos de modelagem e jogos de cores.