Homens de estilo!

Garimpamos as principais tendências masculinas de inverno durante as semanas de moda de Londres e Milão. A tradicional alfaiataria ganha uma pegada mais urbana e os casacos ganham ares fashionistas
Por Mari Gallo

Dolce & Gabbanav - Go'Where Luxo

Dolce & Gabbana

Dolce & Gabbana – Foco na família

A família foi a grande inspiração para a coleção outono inverno 2015/16. Na passarela, a alfaiataria barroca aparece cheia de aplicações, com veludo, bem flamboyant, com toques de modernidade, como o jeans e patches onde se lê “famiglia”, “amore” – bem literais. As imagens de famílias de fato aparecem em camisetas e moletons, deixando-os excessivamente estampados. Os tons preto, cinza e vermelho são o foco da coleção.

 

Diesel – Atitude punk

Sem muitas surpresas, a Diesel Black Gold apostou no punk, mais precisamente na banda Ramones para sua coleção de outono-inverno 2015/16, apresentado em Milão. Calças super skinny, bem ao estilo da banda, compondo com patches, spikes, tachas, correntes e rasgados, jaquetas e muito preto, vermelho e azul. Ao contrário dos cabeludos e barbudos do movimento, a marca aposta em um homem mais limpinho e que usa nylon.

 

Burberry - Go'Where Luxo

Burberry

Burberry – Universo boêmio

Tendo a boemia como inspiração para a sua coleção, a grife de luxo britânica Burberry apostou em uma coleção recheada de cachecóis com franjas, bordados espelhados e estampas de animal print. Esse tema também foi a aposta
para a coleção masculina, que mistura alfaiataria, tecidos autênticos, camufl agem, paisley e padrões fl orais. Nos tecidos, muito linho, veludo, algodão acolchoado e pele de carneiro. A silhueta masculina vem recheada de trench coats,
sobretudos, japonas, pea coats, topcoats, casacos acolchoados, jaquetas estilo donkey e bomber, e, claro, a alfaiataria tradicional. Destaque especial para os acessórios, como a bolsa Carryall Bag e os óculos Scholar Eyewear Collection.

 

Gucci – Pura androgenia

Com modelos mulheres usando roupas masculinas, a Gucci levou para Milão o romantismo com um tom retrô divertido. Com blusas de seda e laçarotes no pescoço, casacos longos com linha levemente em A, calça ampla e padronagem à la pijama, a marca se mostrou jovem e ousada, deixando de lado o clássico. Seguindo o desfi le, a frieza do militarismo aparece no casacão com abotoamento duplo em azul, na parka utilitária, também azul, e no verde-militar do capote com capuz. Em contraponto, a marca aposta em suéteres de tricô justinhos que diminuem o tronco. É a nova silhueta proposta nos desfiles de Milão!

 

Coach – Loverboys

Inspirada pelo filme Garotos de Programa (originalmente My Own Private Idaho, de 1991), com River Phoenix e Keanu Reeves, e filmes com galãs da época, a linha masculina da Coach aposta na silhueta larga e volumosa no tronco e mais ajustada nas pernas. Ponto de partida para a criação de casacões com brilho molhado, jaquetas com forro de pelo, maxiparkas e alfaiataria. Os destaques são para os casacões que vão até o meio da coxa, camelo, contrastando
com um recorte de jaqueta de couro por cima, tudo bem ousado.

 

Calvin Klein – Sobriedade

A grife levou para a passarela uma coleção recheada de casacos, parkas e capas, além de jaquetas bomber cropped com gola aviador. As peças foram feitas em tecidos ricos como lã mista, cashmere, tweed estampado e fl anela. Inspirada nos filmes P&B, a cartela de cores contou com tons de cinza, passeando do grafite até o carvão, e dando ares mais modernos com o brilho do vinil e a impressão de animal print em algumas superfícies. Os coturnos de couro completam o look ultra-militar.