Carrões do Ano

Desde que o Brasil virou a “bola da vez” da economia mundial, muitas empresas viraram seus olhos para cá. Com as grifes de carros de luxo não foi diferente. É cada vez menor o “gap” entre a data em que os modelos são lançados no exterior e aqui. E marcas lendárias, que aqui ainda não tinham representação oficial, como a Rolls-Royce, chegam ao País de olho no crescente número de milionários entre nós Conheça os principais lançamentos da linha 2013

Por Pedro Damian

Lexus LS 460 L – Luzes avançadas

O modelo LS 460, top-de-linha da Lexus, marca de luxo da Toyota, chega totalmente reformulado em sua versão 2013. O sedã recebeu mais de três mil alterações em relação a seu antecessor – e três delas são inéditas no mercado automotivo mundial, outras 15 são inéditas para a Lexus.

O exterior do novo LS 460 foi significantemente alterado. Pela primeira vez na Lexus, o modelo pode ser equipado com todas as luzes exteriores em LED, incluindo um tubo esculpido em forma de “L” para utilização diurna.

Outra novidade é o novo sistema de seleção de modo de direção, com cinco opções (ECO, COMFORT, NORMAL, SPORT S e SPORT S+), que otimiza a combinação preferida do motorista em termos de economia, conforto, performance e dirigibilidade.

O belo interior com acabamento artesanal do LS 460 é complementado pelo primeiro Sistema de Iluminação Avançado do mundo, com destaque para o interior da cabine no tom branco champanhe e para a iluminação dinâmica em LED do painel de instrumentos.

Ficha técnica

Motor: V8, 4.6l

Potência: 386 cv

Torque: 46,4 kgfm

Câmbio: automático de oito marchas

Aceleração de 0 a 100 km/h: 5,4s

Velocidade máxima: 210 km/h

Preço básico: R$ 615.000

Porsche Boxster S – Maior e mais veloz

A nova geração do Porsche Boxster passou por sua maior mudança geracional no modelo 2013: tornou-se mais leve e econômico; mais rápido e ágil. Consome até 15% menos de combustível em comparação com a geração anterior e, ao mesmo tempo, é mais potente. É equipado com motor de seis cilindros horizontais opostos e injeção direta de gasolina, cuja eficiência é melhorada ainda mais com a recuperação do sistema elétrico, o controle térmico e a função start/stop.

O motor do Boxster S, top-de-linha, desenvolve 315 cv de potência, 5 cv a mais do que antes. Pode-se optar por câmbio PDK de sete marchas ou manual de seis marchas. Equipado com PDK, a versão mais potente acelera de 0 a 100 km/h em cinco segundos.

O esportivo também cresceu: a distância entre-eixos aumentou 60 mm e a bitola dianteira, 40 mm. Isso faz com que as rodas fiquem mais rentes à carroceria. O para-brisas foi colocado aproximadamente 100 mm à frente e ficou mais plano.

Ficha técnica

Motor:  3,4 l, 6 cilindros

Potência: 315 cv

Torque: 36,7 kgfm

Câmbio: PDK, de sete marchas ou manual de seis velocidades

Aceleração de 0 a 100 km/h: 5 s

Velocidade máxima: 277 km/h

Preço básico: R$ 449.000

Audi S5 Cabriolet – Top conversível

A linha S, da Audi, é a mais “apimentada” da marca alemã e chega em três versões usando como base a carroceria do A5: Sportback, Coupé e Cabriolet. A “top” é a conversível, que tem um alto grau de esportividade, aliado a um show de tecnologia e conforto. Destaque para a capota elétrica, com quatro opções de cores (preto, marrom, vermelho e cinza), totalmente automática, que abre ou fecha em apenas 15 segundos, podendo ser acionada com o carro em movimento em velocidades até 50 km/hora. O espaço no compartimento de bagagem é de 380 litros. O capô completamente revestido com manta acústica assegura maior conforto sonoro aos ocupantes do carro.

O mesmo motor equipa as três versões. É um 3.0 l TFSI V6 que faz o esportivo acelerar de 0 a 100 km/hora em 5,4 segundos, com máxima de 250 km/hora, limitada eletronicamente.

Além dos equipamentos de conforto, conveniência e segurança equivalentes aos das outras versões, o S5 Cabriolet vem equipado com travamento central com controle remoto a distância.

Ficha técnica

Motor: 3.0 l TFSI V6

Potência: 333 cv

Torque: 440 Nm

Câmbio: S tronic de sete marchas

Aceleração de 0 a 100 km/h: 5,4 s

Velocidade máxima: 250 km/h

Preço básico: R$ 387.900

Rolls-Royce Phantom Drophead Coupé – Menos formal. Mas um luxo

O Phantom Drophead Coupé é o segundo novo modelo Rolls-Royce desde que o grupo BMW adquiriu a marca em 1998, sendo inspirado no conceito 101 EX, apresentado em 2004 no centenário da marca. É um modelo menos formal do que os Rolls-Royce clássicos. Usa a leve porém rígida estrutura de alumínio e combina tecnologia moderna a uma carroceria com design superior.

O motor é um poderoso V12 de 450 cavalos de potência, capaz de levar o luxuoso coupé a acelerar de 0 a 100 km/h em apenas sete segundos.

O requinte do Phantom é de outro planeta, com acabamento de nível máximo de qualidade. Madeira, couro, cromo e aço escovado são comuns em seu interior, utilizados sem exageros. A combinação de luxo com funcionalidade é uma característica da Rolls-Royce acentuada neste modelo. O modelo tem ainda versões específicas, como a Bijan das fotos, que incluem acessórios exclusivos como um jogo de copos de cristal.

Ficha técnica

Motor: 6.75 litros V12

Potência: 453 cv

Torque: 720 Nm

Câmbio: automático de 8 marchas

Aceleração de 0 a 100 km/h 5,6s

Velocidade máxima: 240 km/h

Preço básico: R$ 3.500.000

BMW 750i – Dois motores, um prazer

O BMW Série 7 chegou com novidades em sua linha 2013. O design agora está mais moderno, o que pode ser conferido por meio dos novos faróis com leds, no para-choque com uma maior entrada de ar e a nova grade. A grande novidade, entretanto, está na motorização. O propulsor da nova 750i ainda é o V8 4.4 litro biturbo da geração anterior, que foi repotencializado e ganhou mais 45 cv, somando agora 445 cv e 66,3 mkgf de torque. A tração também mudou. Na linha 2013, ela é integral, em vez de só na traseira, confi gurada no top-de-linha da BMW até aqui.

A versão híbrida também foi melhorada. O novo motor é um 3.0 com seis cilindros em linha, que funciona junto com um motor elétrico de 55 cv. Juntos, os dois motores desenvolvem 353 cv e 50,7 mkgf de torque. A versão ActiveHybrid 7 pode andar 2,5 km somente no modo elétrico.

Ficha técnica

Motor: V8 4.4 l biturbo

Potência: 445 cv

Torque: 720 Nm

Câmbio: automático Steptronic de oito marchas

Aceleração de 0 a 100 km/h: 4,9 s

Velocidade máxima: 250 km/h

Preço básico: R$ 240.900 (valor na Europa, sem impostos)

Mercedes CLS Shooting Brake – Clássico customizado

O CLS Shooting Brake é a versão touring do exuberante cupê de quatro portas CLS. Todas suas dimensões são elevadas: transporta cinco passageiros, tem porta-malas gigantesco (590 litros, que podem ser expandidos para 1.550 l com o banco traseiro rebatido) e comprimento de 4,95 metros, com 1,88 m de largura.

O requinte e o nível tecnológico do carro alemão também são indescritíveis. Os carpetes são costurados a mão e o compartimento de bagagens tem acabamento em madeira, algo que poderia ser encontrado apenas em limousines tipo Maybach, para ficar dentro da esfera alemã. É possível customizar grande parte do interior: são diversas opções de cores, cinco cores para o interior, cinco acabamentos para o interior e três tipos de couro. Pode-se também escolher o interior de fibra de carbono ou Black Piano da AMG.

A versão top-de-linha é a CLS 500, com motor V8 de 408 cv, responsável por levar o carro a acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,3 segundos e atingir a velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente).

Ficha técnica

Motor: V8

Potência: 408 cv

Torque: 600 Nm

Câmbio: 7G TRONIC PLUS automático, de sete marchas

Aceleração de 0 a 100 km/h: 5,3 s

Velocidade máxima: 250 km/h

Preço básico: R$ 205.000 (valor europeu, sem contar impostos)

 

Leia essa e outras matérias na Go’Where Business n° 08