Conheça o superconversível italiano dos sonhos

O Pagani Huayra Roadster é o sonho de consumo de muita gente. E ficará apenas no sonho, já que esse modelo é mais do que exclusivo – serão produzidas apenas 100 unidades e todas já foram vendidas!

Por: Cibele Carbone

 

Quanto pode custar um sonho? Se ele for um Pagani Huayra Roadster, o novo conversível da montadora italiana, custa € 2,28 milhões. Mas apenas 100 felizardos vão conseguir transformar esse sonho em realidade, já que o carrão está sendo produzido em edição limitada. O motivo de tanto borburinho acerca do carrão é que sua carroceria é extremamente leve, diferentemente de outros conversíveis, que precisam de reforço na estrutura (o que significa mais peso) para compensar a falta do teto. Para garantir sua estabilidade e segurança, a Pagani utilizou dois novos materiais no modelo Roadster – o Carbo-Titanium e o Carbo-Triax HP52.

Potência e velocidade

O motor do Huayra Roadster é um M158, desenvolvido pela Mercedes-AMG especialmente para a Pagani, e atinge marcas impressionantes: 764 cavalos de potência a 6.200 rpm e 102 mkgf a 2.400 rpm. A suspensão com liga de alumínio HiFrog e os pneus Pirelli PZero Corsa também foram feitos sob medida para esse bólido, já que é essencial a perfeição nessa dupla para manter o veículo firme no solo, até mesmo em alta velocidade. Um carro potente como este tem de ter um sistema de frenagem avançado para conseguir brecar o veículo. Justamente por isso, a montadora italiana optou por pinças de freio Brembo, com
dez pistões – sendo seis na frente e quatro atrás –, e discos de carbono-cerâmica.

Cabelo ao vento

Esse conversível vem com dois tipos de cobertura: um teto rígido de fibra de carbono, com uma parte envidraçada, e outro de tecido e carbono, que pode ser guardado no próprio veículo quando não estiver sendo utilizado.