Plugados no Futuro

Preocupação com emissões afeta também as fabricantes de carros de luxo e superesportivos, que, com a ajuda da tecnologia, conseguem unir sofisticação, desempenho e motores ambientalmente amigáveis.

Por: Pedro Damian

plugados-no-futuro-3


BENTLEY

Hybrid Concept

Força elétrica

plugados-no-futuro-4A tecnologia da alimentação híbrida chega também às limousines. A Bentley tem um carro-laboratório, que é o Bentley Hybrid Concept, um item precioso do portfólio da marca britânica, exibido em diversos salões de automóvel como o espelho do que a Bentley espera produzir no futuro. O modelo, que traz toda a tecnologia de ponta que a marca tem desenvolvido para carros híbridos, tem como base o portentoso sedã Mulssane. Trata-se de um modelo com sistema híbrido plug-in, que mantém a fantástica dirigibilidade do veículo rodando apenas com o propulsor elétrico por até 50 km. Segundo a Bentley, o sistema pode aumentar a potência do veículo em 25% (o motor do Mulssane convencional tem potência de 577 cv. Calcula-se que o motor do bólido deve ultrapassar os 600 cv) e diminuir as emissões de gases em 70%. O interior do Hybrid Concept é diferenciado, com várias partes em cobre (nos faróis, nas pinças de freio, na moldura da grade e no painel) para lembrar os ocupantes de que uma força elétrica é o que move o veículo. Com um requinte, claro, que só os técnicos da Bentley poderiam criar.

plugados-no-futuro-1

BMW
i8 Protonic Red Edition

Vocação híbrida

plugados-no-futuro-2A BMW se tornou a marca pioneira entre as fabricantes de carros de alto luxo a colocar à venda um bólido com propulsão híbrida, usando motores convencionais e elétricos. Criou, para isso, a família i, exatamente para denominar seus veículos de alimentação alternativa. A linha começou com dois modelos: o compacto i3 e o superesportivo i8. Hoje, o i8 é um sucesso absoluto de vendas na Europa na categoria de híbridos, o que motivou a montadora alemã a ampliar seu portfólio. Embora não seja exatamente um modelo novo, o i8 Protonic Red Edition é uma versão, digamos, visualmente mais agressiva que o i8 convencional. Como o próprio nome diz, é um híbrido com vocação e cara esportiva, que faz o motorista acelerar sem dor na consciência de estar poluindo o meio ambiente – o impacto ambiental do modelo é muito baixo. Sua grande atração é o sistema que o propulsiona, uma combinação das tecnologias BMW Twin Power Turbo e BMW eDrive. Elas produzem, além do gerenciamento de energia inteligente, potência máxima de 362 cv, que proporciona ao BMW i8 um desempenho esportivo, com aceleração de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos, mas com consumo de combustível de 47 km/l e  49g/ km de emissão de CO2, números equivalentes ao de um carro de pequeno porte. O sistema de propulsão híbrido plug-in do i8 inclui dois motores. Um de três cilindros, inédito, com injeção direta a gasolina BMW TwinPower Turbo 1.5 L, excepcionalmente compacto e de alto desempenho, que gera uma potência de 231 cv, com torque máximo de 320 Nm. O segundo é um motor elétrico especialmente desenvolvido para 0 BMW i8. A unidade desenvolve uma potência máxima de 131 cv e entrega torque máximo de 250 Nm já na primeira acelerada.

plugados-no-futuro-5MERCEDES-BENZ
S500 Plug-In Hybrid

Supercarro antenado

O top de linha da marca da estrela também tem sua versão híbrida. Combinando todo o requinte que é tradicional da família S500 com a alta tecnologia da propulsão elétrica, o Mercedes-Benz S500 Plug-In Hybrid agrada em cheio aos apreciadores de supercarros que também estão antenados com os problemas ambientais causados pela movimentação de veículos. O modelo tem motor V6 3.0 twin-turbo com 328 cv e 48,8 kgfm, aliado a um elétrico com 107 cv e 34,6 kgfm. O conjunto faz o veículo acelerar de 0 a 100 km/h em 5,5 segundos e alcançar a velocidade máxima de 250 km/h. O consumo médio é excepcional: 33,3 km/litro, e emissão de apenas 69 g/km de CO2. É possível rodar com o sedã de luxo apenas no modo elétrico: a autonomia nesse caso é de 30 quilômetros. São quatro as opções de condução: Hybrid, E-Mode (100% elétrico), E-Save (bateria carregada apenas para casos de emergência – quando acaba o combustível, por exemplo) e o modo Charge (quando a bateria é carregada durante a condução).

plugados-no-futuro-6PORSCHE
Panamera S E-Hybrid

Esportivo carregado

A entrada de várias fabricantes de carros de alto luxo e forte desempenho no segmento dos carros híbridos provam que é inconsistente a ideia de que a propulsão alternativa é incompatível com requinte e performance. Ao contrário. A Porsche é outra marca que investe pesado no mercado de carros híbridos. Começou com a SUV Cayenne, um sucesso comprovado, e continua com o Panamera, um de seus modelos mais poderosos. Com motor de 333 cv de potência, o S E-Hybrid consegue acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,5 segundos. Nada mal para um carro que se apoia na propulsão elétrica. E falta de energia não é problema mesmo para o esportivo da marca alemã. Com um simples carregador, uma tomada e algumas horas, o carro fica totalmente carregado. Isso graças aos acessórios de série, que permitem carregar o veículo de forma segura, rápida e confortável, em casa ou em qualquer lugar. O Carregador Universal da Porsche (CA) estabelece uma ligação segura entre diferentes tomadas e o veículo. Em condições normais, o carregamento é iniciado automaticamente depois de inserido. Se ocorrer algum problema, devido a uma tomada avariada, por exemplo, o visor apresenta indicações fáceis de entender.