Supermáquinas do salão de Detroit

Depois do sucesso dos novos carrões que encheram os olhos de quem esteve no Salão do Automóvel de Detroit, em janeiro último, a boa notícia veio a toda velocidade: boa parte desses modelos vai chegar ao Brasil este ano e em 2014. Confira o que vem por aí!

Por Fernanda Dragone

SQ5, da Audi

Requinte esportivo

A versão mais esportiva do modelo alemão atraiu olhares em Detroit e agora promete conquistar os brasileiros.
O novo Audi SQ5 traz entre suas principais novidades um motor V6 a gasolina que acelera de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e atinge velocidade de 250 km/h. O modelo, com propulsor 3.0 TFSI, foi desenvolvido especificamente para mercados como os Estados Unidos e países emergentes, como China, Brasil e Rússia. O chassi foi rebaixado em 30 milímetros e as molas e amortecedores são mais firmes, para uma condução esportiva equilibrada. Como opcional, a marca ainda oferece direção dinâmica com controle integrado ao sistema Audi Drive Select, que permite ao motorista escolher diferentes modos de condução.
O veículo é equipado com transmissão Tiptronic de oito velocidades, que também pode ser acionada por meio de shift-paddles no volante, e tração permanente nas quatro rodas com vetorização de torque, que garante maior controle e estabilidade ao modelo.
Tanto seu design externo como interno esbanjam esportividade. Na parte dianteira, o destaque é a grade do radiador em cinza platinum, com barras horizontais em acabamento de alumínio. O charmoso e completo painel de instrumentos tem mostradores na cor cinza e números brancos, pedais e shift-paddles com finalização em alumínio brilhante. Os bancos esportivos são recobertos de couro Nappa Pearl e Alcantara, com quatro opções de cores de revestimento. Os detalhes podem ser escolhidos em alumínio escovado, com opção de carbono ou madeira, entre outros materiais. Enfim, um superesportivo com o requinte dos Audis top de linha.

CLA, da Mercedes-Benz

Elegante por natureza

Um dos mais aguardados lançamentos do ano chega da Mercedes-Benz. A novidade atende pelo nome CLA, baseado na ideia do CLS (Concept Style Coupé), com aerodinâmica de vanguarda, design de cupê, transmissão integral 4Matic de tração integral e sistema de frenagem baseado em radar que alerta o motorista sobre a aproximação de obstáculos a partir de 7 km por hora e iniciar uma frenagem com precisão.
Mantendo a tradição da marca em modelos esportivos com superfícies côncavas e convexas que dão ao cupê de quatro portas um visual inconfundível, o CLA também oferece motores turbo com alto torque e até 155 kW e suspensão esportiva. Outro diferencial é sua luminosidade. Os módulos de iluminação e os LEDs por trás dos vidros que cobrem os faróis foram posicionados de forma a criar um efeito característico de difusão para as luzes de uso diurno e sinaleiras – uma espécie de “assinatura luminosa” que define a aparência energética do carro. Bancos integrais na frente e atrás reforçam o aspecto esportivo. O carro traz ainda um avançado sistema de conectividade que permite ao usuário acessar uma extensa gama de serviços e aplicativos online.
Entre as motorizações do modelo, cilindradas entre 1,6 e 2 litros, num espectro de potência entre 122 cv (CLA 180) até 211 cv (CLA 250). Todas as versões a diesel e gasolina do modelo já atendem aos requisitos das normas Euro 6 de 2014.

Mini Paceman, da JCW

Compacto por fora, grande por dentro

Quem disse que um carro não pode ser sofisticado e esportivo ao mesmo tempo? Exemplo desse mix é o novo Mini Paceman, o primeiro Sports Activity Coupé no segmento de veículos pequenos e compactos. Com uma combinação inovadora de design mais extrovertido, a JCW não esqueceu de dar destaque também para a área interna, com conceito lounge: dois bancos individuais na parte de trás, que podem ser individualmente dobráveis aumentando a capacidade de carga. Estilo marcante, a começar pelas lanternas traseiras na horizontal. Requintes: faróis adaptativos de xenon, sensor de chuva e sistema de infoentretenimento interno.
O motor é de quatro cilindros com turbocompressor, injeção direta e controle de válvula totalmente variável, desenvolvido com base na tecnologia do grupo BMW. De 0 a 100 km em oito segundos, velocidade máxima de 212 km. A transmissão automática com comandos de mudança de marcha ao volante pode ser complementada com um toque do Sport Button, que regula as respostas do motor e a assistência elétrica fornecida pelo sistema de direção.
O modelo será apresentado em oito cores externas, com variações Starlight Blue feitas exclusivamente para o Mini Paceman. O painel de controle de CD/DVD e ar-condicionado, assim como os botões de alternância, são delimitados numa tonalidade para criar efeito de contraste.

Gran Coupé, da BMW

O primeiro coupé BMW 4 portas

Estreando no segmento coupé quatro portas,
a BMW apresentou em Detroit o Série 6 Gran Coupé, com exclusividades inovadoras que, distinguindo-o das versões Conversível e Coupé, unem design esportivo, motores potentes e chassi com alta tecnologia para dar ainda mais dinâmica ao carro. Seu conceito como novo coupé de quatro rodas deriva, entre outros detalhes, do capô extenso e da longa distância entre os eixos, dando ao veículo uma aparência mais sofisticada, além de mais conforto para os passageiros de trás.
Os motores BMW TwinPower Turbo, disponíveis para o modelo, unem esportividade e eficiência – indo de 320 cv aos 450 cv do modelo top de linha BMW 650i Gran Coupé. Com sistema de controle variável de abertura e fechamento das válvulas de admissão e de escape, vai de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos. A tecnologia de chassi disponível no BMW Série 6 Gran Coupé inclui uma suspensão dianteira de eixo duplo, um eixo traseiro integral e um sistema de freios de alta performance. Entre os itens da lista de opções estão o sistema de direção Integral Active Steering e o sistema Adaptive Drive.
Entre as opções costumizadas exclusivas do modelo, faróis adaptativos de LED e o fabuloso Bang & Olufsen High-End Surround Sound System. Além disso, um kit M Sport feito sob medida e opções da BMW Individual desenvolvidas para o modelo Coupé serão oferecidos no lançamento.

Q50, da Infiniti

Um sedã que é puro luxo

Assim que a Infiniti, marca premium do grupo Nissan, der a largada em suas operações por aqui, promete fazer a estreia com o pé direito: o sedã esportivo Q50, que poderá ser visto rodando no Brasil a partir do segundo semestre de 2014. No quesito tecnologia, os destaques ficam por conta da Direção Adaptativa Direta, que controla de forma mais apurada os ângulos dos pneus e os movimentos da direção, transmitindo as intenções do condutor para as rodas de forma mais rápida.
O sistema conta ainda com quatro modos de customização de acordo com as preferências de condução do motorista ou com as condições do pavimento – o Q50 é o primeiro modelo em série com essa tecnologia. Para garantir mais segurança, o Active Lane Control utiliza câmeras na carroceria para detectar as faixas de rolamento no pavimento.
Com formas inspiradas no conceito Essence, o Q50 foge das medidas convencionais da maioria dos sedãs, oferecendo mais espaço e comodidade – como o novo Infiniti In Touch, um sistema de
comunicação em duas telas grandes sensíveis ao toque. Quando o assunto é motor, a Infiniti não deixa por menos e apresenta em seu novo modelo o V6 3.7, mas terá também uma versão híbrida: o Sistema Híbrido de Resposta Direta casado com uma transmissão inteligente de dupla embreagem. As linhas do Q50 são inspiradas no conceito Essence, resultando em aparência atlética e grandes proporcões, com muito mais espaço.

Cayenne Turbo S, da Porsche

Exclusividade sobre rodas

No topo da lista entre os novos utilitários esportivos, está o mais novo modelo da Porsche, o Cayenne Turbo S, que garante total capacidade de condução dentro e fora das estradas, sem perder o conforto e, principalmente, sua potência. O modelo tem motor de 550 cv, levando apenas 4,5 segundos para atingir 100 km/h. Alcança a velocidade máxima de 283 km/h. O consumo de combustível, de acordo como novo ciclo de direção europeu (NCDE), é de 8,6 km/l, o mesmo que o do Cayenne Turbo, o que o torna ainda mais econômico em relação à potência de seu motor.

Todos os sistemas de controle relevantes são equipamento de série. Ele traz do Cayenne Turbo a combinação de suspensão pneumática e controle ativo de amortecimento pelo gerenciamento de suspensão ativa Porsche. O carro também conta com PDCC, o Porsche Dynamic Chassis Control, que reduz o ângulo de rolagem da carroceria nas curvas para praticamente zero, melhorando tanto a agilidade quanto o conforto e a segurança.
A parte externa e os equipamentos adicionais do Cayenne Turbo S atendem a todos os elevados padrões de um modelo top de linha, com diversas características externas, como as entradas de ar, as molduras dos faróis e os espelhos retrovisores pintados de preto brilhante. As rodas de 21 polegadas, denominadas “911 Turbo II”, possuem os logotipos da Porsche em cores e foram desenhadas exclusivamente para o modelo.
No Brasil, a nova versão do Cayenne Turbo será comercializada em número limitado de unidades e estará disponível no primeiro quadrimestre de 2014.