Tem novidade no ar

O jato executivo Citation Ten, da Cessna, fez seu primeiro voo nos EUA em janeiro e confirmou ser o avião civil mais rápido do mundo

Por Leonardo Millen

A Cessna promoveu em janeiro deste ano, a partir de Wichita, nos Estados Unidos, o voo inaugural do seu mais aguardado lançamento para o mercado de aviação executiva: o Citation Tem. Além de ser o modelo top de linha da fábrica, a aeronave confirmou ser a mais rápida do mundo, atingindo 977 km/h, batendo os 972 km/h do Gulfstream G650, que era o modelo mais veloz até agora.

Mas o Citation Tem não é só velocidade. Ele é uma grande evolução do modelo Citation X, com uma fuselagem maior, mais capacidade de carga, um interior mais amplo e equipado com os mais modernos equipamentos de comunicação e entretenimento. Ele possui, por exemplo, o sistema aviônico Garmin G5000, que proporciona uma interface sensacional entre piloto e aeronave. O painel de controle tem quatro displays multifunção de alta resolução que permitem o monitoramento do motor e dos sistemas hidráulicos e elétricos e revela detalhes do voo, além de uma visão de realidade virtual em pistas, terreno, tráfego e obstáculos de rota.

As duas turbinas de nova geração da Rolls Royce impulsionam o novo Citation Tem diretamente para 45 mil pés em apenas 23 minutos com, incrivelmente, mais economia de combustível. A aeronave alcança 15.545 metros de altura e tem autonomia de 6.000 km, ou seja, poderá voar entre Nova York e Londres, são Paulo e San Juan (Porto Rico) e Londres e Dubai, sem escala.

Leia a matéria completa na revista Go’Where n° 92