Gaúchas e catarinenses dominam concurso de cervejas artesanais

Cerveja_abre

Rótulos de cervejarias do Rio Grande do Sul e Santa Catarina foram os grandes vencedores do concurso do Festival Brasileiro da Cerveja em Blumenau

Rio Grande do Sul e Santa Catarina dominaram a premiação do Concurso Brasileiro da Cerveja. O concurso fez parte do 5º Festival Brasileiro da Cerveja, que aconteceu de 8 a 11 de março, em Blumenau (SC), considerado o maior evento do mercado de cervejas artesanais do país.

 

A cervejaria Tupiniquim, do Rio Grande do Sul, levou o título de melhor cervejaria do concurso, com nove prêmios. Aliás, o Rio Grande do Sul foi o estado com o maior número de medalhas, com 58 no total. Na sequência veio Santa Catarina, com 51 medalhas, sendo oito ouros, 22 pratas e 21 bronzes.

 

Tupiniquim

A Tupiniquim recebeu o prêmio de melhor cervejaria

Ao todo, os 61 jurados de 20 países avaliaram 2.034 rótulos de 332 cervejarias. Foram distribuídas 256 medalhas, 97 delas de bronze, 90 de prata e 69 de ouro.310ml_Framboesa1
Entre os medalhistas de ouro, conheça a Schornstein Imperial Ipa, a Das Bier Stark Bier e a Lohn Bier Carvoeira.

 

 

 

 

 

 

 

SCHORNSTEIN IMPERIAL IPA
Ouro na categoria Ale Styles, a Imperial or Double India Pale Ale é um lançamento da Schornstein… em lata! A cerveja traz um aroma intenso de lúpulos americanos e ingleses, graças ao processo de dry hopping, com uma cor avermelhada e sabor forte. Tem 8,4% de teor alcoólico e 80 de IBU.Das Bier Stark

 

 


DAS BIER – STARK BIER

Ouro na categoria Ale Style – Scotch Ale, a Das Bier Stark Bier é produzida com nove tipos de malte, incluindo trigo e defumado (peated ou turfado). São quatro tipos de lúpulo ingleses além da clássica rapadura. Tem 8,3% de teor alcoólico e 35 de IBU.

 

Lohn BierLOHN BIER CARVOEIRA
Ouro na categoria Hybrid / Mixed – Wood and Barrel Aged Dark Bier, a Carvoeira leva nove grãos distintos (seis maltes e três não malteados), candy sugar, lúpulos e levedura ingleses, além das especiarias. Esta edição foi envelhecida em barril de Amburana. Tem 9,5% de teor alcoólico e 60 de IBU.

 

Só para ilustrar, o Rio Grande do Sul tem mais de 5 mil rótulos. Santa Catarina tem mais de 50 marcas de cerveja que, juntas, produzem mais de 1 milhão de litros por mês de acordo com uma pesquisa da Associação das Cervejarias Artesanais de Santa Catarina (Acasc). De 2013 para 2016, o número de marcas triplicou o que mostra que a cervejas artesanais estão em um momento de crescimento fenomenal no mercado.