Salute!

Famosa por seus vinhos, a Itália é fonte de produção de muitas bebidas, como licores à base de frutas secas – caso do nocino, do amaretto e do inconfundível limoncello. Para brindar aos 70 anos da República Italiana, selecionamos drinks clássicos e releituras típicas.

Por: Shirley Legnani

salute1Bellini

Uma homenagem à arte

“Totalmente feminino, esse drink vai bem em qualquer ocasião, mas é ótimo para abrir a noite. Foi criado na década de 40 pelo bartender italiano Giuseppe Cipriani, que homenageou o famoso pintor renascentista Giovanni Bellini – a cor pêssego do drink faz alusão aos quadros do artista”, conta Vinicius Dias Batista, responsável pelo bar do restaurante Praça São Lourenço. Na receita original, é usada qualquer bebida frisante adicionada a suco de pêssego, mas Vinicius prefere usar purê de pêssego, feito com a fruta em calda. “Na receita original, é usado pêssego branco, mas, como ele é sazonal, em calda vai muito bem”, explica o bartender.

Receita:

  • 30 ml de purê de pêssego
  • 40 ml de espumante

Modo de preparo:

Coloque o purê no fundo da taça e complete com o espumante.

Praça São Lourenço
R. Casa do Ator, 608 – Vila Olímpia São Paulo Tel.: (11) 3053-9300


salute2Negroni

De origem nobre

Um coquetel italiano feito com ingredientes típicos italianos – assim é o Negroni, criado pelo Conde Camilo Negroni, assíduo cliente de bares de Florença, no ano de 1919. “Negroni está na lista dos três mais pedidos e famosos drinks da nossa carta de bar, impossível não gostar desse clássico que nunca sai de moda”, diz o barman Fabio la Pietra, do SubAstor. Fabio também gosta de preparar o drink Cardinale. “O Negroni é o clássico italiano que sempre vende, mas gosto da versão do Cardinale, outro clássico italiano, criado na década de 50, feito com vermute seco e servido em taça, diferentemente do Negroni, que leva vermute tinto e é servido em copo baixo. Qualquer um dos dois será sempre uma ótima pedida”, diz Fabio.

Receita:

  • 30 ml de Campari italiano
  • 30 ml de vermute tinto italiano
  • 30 ml de gin
  • ½ rodela de laranja de umbigo, com a casca, retiradas as sementes

Modo de preparo:

Misture as três doses e mexa bem. Adicione três pedras de gelo, mexa novamente e derrame num copo modelo oldfashioned. Coloque ½ rodela de laranja para dar gosto ou enfeitar.

SubAstor
R. Delfina, 163 – Vila Madalena – São Paulo Tel.: (11) 3815-1364


salute3Spritz

Pura refrescância

Nem só a cozinha do Zena Caffè, do chef Carlos Bertolazzi, faz sucesso – o bar da casa é um atrativo com vida própria. No comando, o chef de bar Wladimir Santos executa com maestria um drink simples e refrescante da Itália, o Spritz.
“No caso do Spritz, pensei numa forma diferenciada de apresentar o drink – afinal, existem diversas formas de tomar o coquetel, com outras bases de bebidas, além do Aperol. Executado com o Il Cello, notamos aromas mais cítricos, frescos e nenhuma presença de amargor, agradando assim tanto o paladar feminino quanto o masculino”, explica Dudu Pereira, também sócio do Zena e que acompanha de perto o bar da casa. Na versão clássica do Spritz do Zena, a receita pode ser servida em jarra com muitas frutas.

Receita:

  • 3 partes de prosecco
  • 2 partes de Aperol
  • 1 de água com gás
  • gelo
  • laranja para decorar

Modo de preparo:

Preencha o copo com cubos de gelo grandes. Misture o prosecco (não serve espumante e não serve champagne). Complete com água gasosa. Decore com a rodela de laranja.

Zena Café
R. Peixoto Gomide, 1901 – Jardim Paulista – São Paulo Tel.: (11) 3081-2158


salute4Nocino Mio

Espírito italiano

“Os italianos são ótimos na produção de licores de frutas secas. Eles fazem com muita propriedade esse estilo de bebida, caso do amaretto e do nocino. Não temos no Brasil licor de nozes”, diz o mestre Derivan de Souza, do Bar Numero.
O licor nocino é feito a partir de casca de noz em imersão no álcool. Nasceu na Itália na região de Emilia-Romagna. Cerca de 20 a 25 nozes são geralmente escolhidas e colocadas no álcool para marinar. Depois, o chá é filtrado e engarrafado para o envelhecimento, que dura de dois meses a anos. “Resolvi criar um drink que remetesse 100% ao espírito italiano e pensei no Nocino Mio, feito com grappa bianca, licor nocino e prosecco. Refrescante e ótimo para comemorações”, diz Derivan.

Receita:

  • 40 ml de Grappa Bianca
  • 30 ml de Licor Nocino
  • 60 ml de Prosecco

Modo de preparo:

Num copo vintage, coloque gelo e em seguida os ingredientes. Misture bem e decore com frutas desidratadas.

Bar Número
R. da Consolação, 3585 – Jardim Paulista – São Paulo Tel.: (11) 3061 3995


salute5Gin Tônica com Limoncello

Releitura de um clássico

Filho de Juscelino Pereira, restaurateur e anfitrião famoso da cidade, Dudu Pereira não podia seguir outra carreira que não fosse a do pai, dono de restaurante, como também ter sua própria marca de uma das bebidas mais emblemáticas da Itália, o o limoncello – licor de limão-siciliano. “Eu e um amigo de colégio, Giuliano Longobardo, que vem de uma família italiana produtora de limocello na Sicília e em Napóles, resolvemos trazer para o Brasil o CelloLimoncello – feito de forma totalmente artesanal, com limão-siciliano, casca de limão, álcool de cereais, açúcar e água. Nossa ideia é mostrar que o limoncello pode ser consumido não somente como digestivo, mas também como base para drinks”, diz Dudu, que é sócio-proprietário do Piselli Sud. Entre as criações da dupla, está o Gin Tônica com Cello. “Em meu cotidiano, seja em restaurantes ou em encontros com amigos, costumo fazer os drinks com o Il Cello. Na execução deles, procuro fazer receitas práticas, que as pessoas possam aprender rapidamente e executar em qualquer ocasião”, finaliza.

Receita:

  • 25 ml de limoncello
  • 50 ml de gin
  • Água tônica
  • Suco de limão-siciliano

Modo de preparo:

Misture tudo e sirva com gelo.

Piselli Sud
Shopping Iguatemi Av. Brig. Faria Lima, 2232  Jd. Paulistano Térreo – São Paulo Tel.: (11) 3031-5404