As belezas e os segredos paradisíacos da Jamaica

Repleta de praias paradisíacas e com um povo alegre e receptivo, a Jamaica se tornou um dos destinos prediletos de grandes celebridades.

Por: Luciano Garcia

A Jamaica é aquele país que vem com sua própria trilha sonora! No ritmo singular do reggae, as melodias nos convidam a explorar muito mais do que suas praias e resorts. É a terra literária das criações do autor de 007, Ian Fleming, e berço musical de Bob Marley. Quando Cristóvão Colombo a descobriu, em 1494, definiu sabiamente como “a ilha mais bonita que os meus olhos já viram”. A terceira maior ilha do Caribe abriga hotéis icônicos com praias privativas. Foi o destino eleito por Marilyn Monroe para sua lua de mel e por Winston Churchill, Kennedy e Paul McCartney para desfrutarem suas férias.

Ocho Rios

Paraíso para amantes de reggae, santuário para os entusiastas da natureza e até um sonho para os colecionadores de souvenirs: Ocho Rios é tudo isso. Mais do que um porto dos cruzeiros que chegam à Jamaica, esse lugar ficou famoso por suas belezas naturais. É aqui que está a Dunn’s River Falls, uma sequência de cachoeiras fantásticas. As cascatas vão caindo em direção ao mar de uma altura máxima de 180 metros.

Jamaica Inn

Dono de uma invejável reputação que já atraiu até Marilyn Monroe para sua lua de mel, o Jamaica Inn em Ocho Rios mantém seu charme discreto e elegância refinada para os hóspedes de primeira classe. O rum é, sem dúvida, a bebida típica do país. Mas um drink famosíssimo, que não leva rum, foi inventado no Beach Bar desse hotel no início dos anos 1950. Um assíduo frequentador, o escritor Ian Fleming – criador de James Bond – sinalizou, um certo dia, para o bartender Teddy Tucker um pedido inusitado: fazer um cocktail inspirado no Vesper Martini, que seria batido e não mexido. A variação jamaicana virou marca registrada de 007, presente em quase todos os romances e filmes do espião. Teddy, que completou 76 anos recentemente, até hoje dá expediente no hotel e ensina como preparar a lendária bebida: “faço numa taça goblet de champanhe, com três medidas de Gordon, uma de vodka e metade de Kina Lillet, agora chamada de Lillet Blanc. Bato bem até que esteja bem gelada, então adiciono uma fatia grande de casca de limão-siciliano.” Logo na chegada ao hotel, você é recebido pela atenciosa equipe com um tratamento digno de chefe de estado. A White Suite, sem dúvida, é a mais glamourosa e exclusiva do Jamaica Inn, com seu imenso terraço debruçado para o oceano. Durante décadas foi a escolha secreta do primeiro ministro britânico Winston Churchill e sua esposa. Um charmoso chá da tarde inglês é servido com todo requinte na varanda privativa da suíte. Os famosos habitués Katherine Hepburn e Noel Coward adoravam esse momento.

Bond, James Bond

Ian Fleming escreveu o primeiro rascunho de Casino Royale no começo de 1952, em sua Fazenda Goldeneye, com vista para a Baía de Oracabessa, na costa norte da Jamaica. Goldeneye era o retiro de Fleming, e amigos sempre iam visitá-lo durante o inverno europeu. Os aclamados filmes Dr. No, Viva e Deixe Morrer e O Homem com a Pistola de Ouro, todos da franquia 007, foram rodados nos arredores de sua propriedade. Hoje, há um tour pelas locações.

Aldeia Rastafári

O estilo de vida da cultura rastafári, que surgiu em idos de 1930, é um dos sinônimos da Jamaica. Os seguidores buscam simplicidade, proximidade com a natureza e elevação espiritual. O deus deles é Jah. Os adeptos
são facilmente identificados pelos “dreadlocks”, estilo de cabelo que ultrapassou fronteiras e virou moda. O movimento soma mais de um milhão de adeptos pelo mundo. Os rastafáris sonham em voltar à África, que eles respeitam como a Terra-Mãe. Seguindo as trilhas de um reencontro espiritual, fui levado a conhecer uma comunidade rastafári autêntica, que até hoje preserva os conceitos proféticos do antigo imperador da Etiópia, Haile Selassie. Orientado gentilmente pela rainha Berhan, líder da aldeia Rasta Village em Montego Bay, aprendi um pouco dos pilares dessa cultura. “Nossa celebração exalta a vida, os costumes, os conhecimentos e a experiência dos mais antigos”, diz Berhan. Prova disso é o pai de Berhan, o septagenário King Toto, um dos fundadores da Rasta Village. O artesão esculpe há décadas os icônicos tambores que anunciam uma restrita apresentação. No fim, retorno atravessando descalço o rio que me levou ao vilarejo. Saio com uma sensação de paz indescritível.

Montego Bay

Carinhosamente chamada de MoBay, essa animada cidade é capital turística da Jamaica e reúne toda a essência do país. Possui uma sequência de praias maravilhosas e é o ponto de partida para muitos passeios. A praia mais famosa é Doctor’s Cave Beach.

Puro ritmo

O reggae é um capítulo à parte. Trata-se de um ritmo musical conhecido mundialmente. A partir de 1972, a música dos rapazes de cabelo comprido começou a conquistar o mundo. Daí em diante, a Jamaica, que quase ninguém sabia onde ficava, tornou-se famosa. O ritmo está tão difundido no mundo que praticamente todas as músicas tocadas na Jamaica parecem velhas conhecidas dos turistas.

A lenda Bob Marley

Talvez ele seja o maior expoente da Jamaica. O ícone do reggae nasceu em uma casa em Nine Mile, nas montanhas de St. Ann, e ela está aberta para visitação. Por lá, há violões, guitarras, prêmios e objetos pessoais do grande artista.

Round Hill

Na península de Montego Bay, o clássico resort tropical Round Hill tem atraído o jet-set mundial, líderes políticos e artistas que procuram um lugar charmoso e discreto para esquecer do tempo. O presidente Kennedy era um ilustre hóspede que gostava de aproveitar as paradisíacas praias jamaicanas. Além de prêmios renomados do segmento da hotelaria de luxo, o Round Hill também foi eleito pelo TripAdvisor o resort número um do Caribe para férias em família. A maioria de suas 27 villas possui entre três e seis quartos e incluem piscinas privativas emolduradas por belíssimos jardins tropicais à beira-mar. Quem busca mais exclusividade pode contratar o seu próprio staff particular na villa. O simpático concierge Kingsley Blake, que já faz parte da equipe do Round Hill há 45 anos, conta histórias curiosas sobre o lendário hotel. Bastante animado, ele revela detalhes das grandes celebrações e das visitas memoráveis de inúmeros astros e estrelas que já se hospedaram por lá.

Ocean Spa

Além das massagens e tratamentos terapêuticos com vista para o mar, há aulas de yoga ao ar livre. Os amenities, óleos e cremes utilizados são extraídos de plantas nativas da Jamaica. Um relax necessário para reenergizar a mente, o corpo e o espírito. À esquerda, um dos passeios imperdíveis na Jamaica é a cavalgada pelas fazendas que incrivelmente termina dentro do mar!


SERVIÇO

Go’Where Luxo viajou a convite da Mandala Tours (www.mandalatours.com.br), operadora especializada em destinos exóticos. Um agradecimento especial também ao Jamaica Tourist Board.

QUEM LEVA
Nossa equipe voou pela Avianca Brasil (www.avianca.com.br) de São Paulo até Miami, no A330/200. Após a conexão, rumamos para o æroporto de Montego Bay em um voo de 1h30.

ONDE FICAR
Jamaica Inn Hotel:
www.jamaicainn.com Round Hill Hotel & Villas: www.roundhill.com