Drinks sofisticados conquistam turistas em cruzeiros

Em alto mar, hóspedes podem desfrutar de um excelente menu de bebidas, com coqueteis clássicos, criativos, exóticos e muitas novidades

Focada em oferecer uma atmosfera completa de entretenimento, sabores e glamour em seus roteiros, a MSC Cruzeiros trará ao país, a partir de novembro, quatro navios que somam 36 opções de bares, além de diversos lounges, discotecas, teatros e restaurantes. Seus bartenders reservam grandes novidades para o público que não abre mão de degustar drinks em dias e noites repletos de lazer e música. Entre as grandes atrações da temporada 2012/2013, estão o Bellini e as não alcoólicas Dirty Banana Shake e Magic Island.

No caso do Bellini, as origens italianas da armadora são celebradas na combinação entre o famoso vinho prosecco e um saboroso purê de pêssegos brancos. A receita, criada no Harry’s Bar de Veneza pelo barman Giuseppe Cipriani, pode ser degustada hoje em dia nos melhores bares do mundo. Nos navios inéditos que virão para a América do Sul, MSC Fantasia e MSC Magnifica, esse pedido internacional pode ser encontrado em seus onze e oito bares, respectivamente, com ambientes temáticos de jazz, ao redor das piscinas, ao ar livre e muito mais.

A qualidade dos coqueteis a bordo também pode ser conferida por quem não quer ou não pode consumir álcool. O Dirty Banana Shake é o campeão de pedidos e é ideal para ser servido na beira da piscina ou no lanche da tarde para revigorar as energias das crianças e é composto por banana, leite, açúcar e chocolate. Outra combinação de frutas bem refrescante e que promete agradar os brasileiros é o Magic Island, preparado com suco de laranja, limão, abacaxi, groselha e refrigerante de limão.

Nos momentos de celebração e descontração, outro clássico de sucesso é o Mojito, ideal para ser degustado nos dias mais quentes, na beira da piscina ou no tradicional happy hour, fazendo sua harmonização de rum, hortelã, limão, açúcar e água com gás a companhia perfeita para aproveitar o belo cenário em alto mar que só uma viagem de cruzeiro pode proporcionar: os navios MSC Orchestra e MSC Musica, já consagrados entre o público brasileiro, estão repletos de bares ao ar livre, e concentram nove e oito bares, respectivamente.

Para os apreciadores de vinhos, outra excelente opção aos hóspedes é o restaurante de alta gastronomia L’Étoile, com pratos do menu assinado pelo chef italiano Mauro Uliassi (duas estrelas pelo Guia Michelin) e com carta de vinhos que reúne os champanhes, espumantes, tintos, brancos e rosés mais renomados entre enólogos de todo o mundo. Alguns bons exemplos de rótulos são: Cristal Brut Millesimé Louis Roederer, vindo de Reims (França), Bellavista Franciacorta Cuvée, da Lombardia (Itália), Amarone della Valpolicella Classico, de Veneto (Itália) e La Chapelle de Sainte Roseline Cru Classé Rosé, de Côtes de Provence (França).

 

www.msccruzeiros.com.br