Os sons e as cores do Danúbio

Encantadora! Esta é a palavra ideal para classificar o lindo cruzeiro pelo rio Danúbio, passando por cinco países, que fiz para comemorar meu aniversário de casamento. Melodias do Danúbio é o nome dessa viagem. Nada poderia ser mais romântico!

Por: Laura Wie

O rio Danúbio sempre fez parte da minha memória afetiva. Sendo descendente de alemães, cresci ouvindo histórias sobre esse que é um dos rios mais famosos do mundo, envolto por vilarejos medievais e também grandes metrópoles. Um rio que testemunhou boa parte do desenvolvimento do Velho Mundo e da vida como conhecemos hoje. Ele nasce na Alemanha, mais precisamente na Floresta Negra, e flui por vários países, incluindo Áustria, Eslováquia, Hungria, Croácia, Sérvia, Romênia, Bulgária e Ucrânia, até desaguar no Mar Negro, 2.860 km depois. Uma viagem a bordo do navio fluvial AmaSonata não só iria reavivar as lendas e folclores de um rio querido para meus antepassados, mas também servir como cenário para uma celebração significativa para mim e meu marido: nossas Bodas de Porcelana – Marcello e eu estamos chegando aos 20 anos de casados e merecemos a sofisticação e o cuidado personalizado de um cruzeiro de excelência!

danubio1Nossa viagem começa na capital da Hungria, Budapeste, onde embarcamos com mais 120 passageiros de vários lugares do mundo. Durante uma semana, vamos navegar em um clima bastante intimista pelo lindo Danúbio, fazendo o caminho inverso do seu leito natural. Da Hungria, em direção à Alemanha, iremos percorrer quase metade de sua extensão, parando diariamente em lugares estratégicos a poucos passos do navio.

BUDAPESTE, UMA JOIA NA HUNGRIA

Uma das cidades mais belas do leste europeu, Budapeste concentra inúmeros spas e casas de banho, cultura herdada pelos antigos romanos e mantida depois pela ocupação turca. As suas duas margens (Buda na parte direita e Peste na margem esquerda) uniram-se em 1873, tornando-se uma cidade só. Mais cosmopolita, Peste mantém o comércio e a clara agitação urbana, enquanto Buda, imponente, apresenta castelos, monumentos, amplos jardins e igrejas ao longo de nosso rio, bem no alto
de uma elevação. De cima do Bastião dos Pescadores, a vista do Danúbio margeando prédios históricos foi um de nossos primeiros presentes!

danubio2BRATISLAVA, CHARME A SER EXPLORADO

Parte da antiga Tchecoslováquia, a Eslováquia separou-se da república Tcheca em 1 de janeiro de 1993. Bratislava, a capital – também frequentemente chamada de “Beleza no Danúbio” – é uma cidade pitoresca e recheada de pontos históricos e charmosos. Andar do pequeno porto onde o barco fi ca atracado até o Castelo da Bratislava, datado de 907 dC, é uma aventura deliciosa! Na volta, o passeio termina no centro velho da cidade que foi todo restaurado após a queda do comunismo, e onde é imperativo sentar em uma das antigas confeitarias para um café com doce.

VIENA, O BERÇO DA VALSA

Ponto alto da viagem, muito já se falou sobre Viena que foi, durante séculos, a cidade mais importante do Império Austro-Húngaro. Palco de grandes nomes da música clássica, foi aqui que Johann Strauss II compôs a envolvente valsa Danúbio Azul. Seus prédios públicos, palácios, igrejas e parques são de uma grandiosidade ímpar e contribuíram para que a capital fosse tombada pela UNESCO. São 2 milhões de habitantes que desfrutam da harmoniosa fusão entre o passado suntuoso e a vida contemporânea, que utiliza bastante a bicicleta como meio de transporte. Por isso decidimos também fazer nosso “reconhecimento da área” com as magrelas. Foi genial poder curtir sobre duas rodas as vielas, museus e jardins no delicioso solzinho da primavera europeia.

danubio3DÜRNSTEIN, NO TOPO DO MUNDO

No dia seguinte, depois de algumas horas de navegação, chegamos à pequena Dürnstein, em cujo Castelo o rei inglês Ricardo Coração-de-Leão teria sido preso durante as Cruzadas, no ano de 1.193. A fortaleza atualmente está em ruínas, mas ainda exala a importância que teve no passado. Além da vista belíssima do leito do Danúbio e do vale recheado de pequenos vilarejos, o exercício da subida até lá (159 m acima do nível da cidade) nos dá crédito extra para o delicioso chá da tarde servido na volta, em nossa embarcação.

CESKY KRUMLOV, UM PASSEIO MEDIEVAL

Apesar de o rio Danúbio não passar pela República Tcheca, a pequena cidade de Cesky Krumlov, que data da Idade Média, fica a menos de 100 km de distância de Linz e, de acordo com nosso comandante, um dos seus lugares preferidos no mundo! Ônibus confortáveis e com nosso guia a postos, lá vamos nós para uma verdadeira miniatura de Praga, que esconde castelos e fortalezas grandiosos, mas também uma agitação alegre em suas ruelas. A profusão de restaurantes típicos e lojas de artesanato de alta qualidade faz do passeio um verdadeiro must.


TROPEÇANDO NA HISTÓRIA EM LINZ

danubio4Continuando nosso cruzeiro com vista do barco para as margens verdes e sinuosas da Áustria, chegamos em Linz, cidade que teve posição estratégica para o Eixo durante a Segunda Guerra Mundial, por conta de sua indústria armamentista. Bombardeada dezenas de vezes, Linz apresenta magníficos edifícios históricos ao lado de belos exemplos de arquitetura moderna. Fica claro que os prédios novos foram erguidos no lugar de escombros da guerra, e contam, da sua maneira, um pouco da história mundial.

PASSAU, UM CENÁRIO DE RARA BELEZA NATURAL

danubio5Chegamos ao nosso destino final, a graciosa Passau, na Alemanha, cujo centro velho fica a poucos passos de nosso cais no rio. Fundada em um antigo sítio romano, a cidade de 50 mil habitantes possui 52 igrejas, um lindo cenário de montanhas e dois outros rios (Inn e Ilz), que cortam a paisagem. Nesse último dia, fechamos nosso romântico passeio pelo lendário Danúbio com um jantar especial a bordo do navio e a certeza de termos tido uma das experiências mais encantadoras de nossa vida a dois!

PASSEIOS TERRESTRES

Em todas as paradas do navio há em média três passeios inclusos para os viajantes. Frequentemente pode-se escolher entre uma visita a pé pelas cidadezinhas próximas, uma caminhada mais intensa até o topo de um castelo medieval ou, ainda, uma volta com as bicicletas disponíveis a bordo. Todos os passeios são acompanhados por guias experientes e muito bem informados, que falam inglês e, muitas vezes, espanhol. O difícil é decidir entre tantas atrações imperdíveis!

SHOW DE DELÍCIAS

As refeições no AmaSonata são um carinho à parte! Além da prestatividade da equipe de bordo que rapidamente decora o nome dos passageiros, o cardápio gourmet vai mudando de acordo com os hábitos gastronômicos de cada país pelo qual vamos navegando. Dessa forma, tivemos a oportunidade de experimentar o Goulash (ensopado) na Hungria, o Schnitzel ( bife à milanesa) da Áustria e o Chucrute alemão, entre outras delícias. Uma cuidadosa seleção de vinhos locais fazem parte do preciso serviço a bordo.


Viajamos a convite da AmaWaterways – uma companhia de cruzeiros fluviais que navega em vários continentes. O navio escolhido por nós na Europa, o AmaSonata, e o roteiro Melodias do Danúbio, tem como característica principal um limitado número de passageiros, design e serviço diferenciados. Representante no Brasil: Velle (info@velle.tur.br)