Paloma Bernardi
Inebriante!
14 de março de 2016
Um brinde aos óculos
14 de março de 2016
Show all

Máquinas do tempo

Audemars Piguet

Acaba de ser realizado na Suíça o Salão Internacional da Alta Relojoaria 2016, um dos principais eventos do setor. Aqui, destacamos as peças icônicas que chegam às boutiques nos próximos dias.

Por: Victor Araujo

Há 26 anos, durante o mês de janeiro, a cidade de Genebra se torna o centro do mercado ultrapremium da relojoaria. Assim como inúmeras outras tendências atuais em relojoaria, a prática da criação de relógios com máquina aparente – relógios nos quais o mecanismo se torna a face do relógio graças à remoção parcial ou total do mostrador – tem origem na história horológica. Tanto antes como agora o mecanismo que move o dispositivo despertou a imaginação das pessoas e, naturalmente, sua exibição passou a ser uma exigência. Um ponto importante no surgimento do relógio de máquina aparente contemporâneo foi a fundação da Richard Mille, na virada do milênio. Ele tem uma paixão por carros de corrida, o que instigou dois projetos importantes: um mecanismo construído especialmente para refletir a estética automotiva e uma caixa projetada para exibi-lo. “Ter uma caixa que fosse curva em todas as direções – totalmente aberta para mostrar mecanismo, mas que também se afinasse do centro para as bordas – trouxe outro fator para a fórmula: com a seção central mais espessa, eu tive ainda mais espaço para trabalhar no layout do mecanismo inserido”, diz Mille.

Richard Mille

VERDADEIRO ESQUELETO

A Richard Mille idealizou um modelo bem ao seu padrão: movimento esqueletizado, caixa retangular levemente arredondada e design em negrito. O Richard Mille RM 67-01 Automatic Extra Flat é discreto e chique. Com medidas 38,7 mm x 47,52 mm x 7,75 mm, não é um relógio pequeno. Como quase todos os relógios da marca, não há nenhuma ligação real, mas uma placa skeletonized no topo da qual há índices aplicados. Os numerais 12 são criados a partir de metal sólido e montados sobre dois carris de titânio. Por fim, o Richard Mille RM 67-01 apresenta a data, localizada em uma janela, exibida por discos esqueletizados.

Audemars Piguet

MERGULHADOR DESCOLADO

A Audemars Piguet levou peças muito especiais, com acabamento impecável. Há desde modelos mais clássicos até esportivos, como esta incrível coleção Offshore. São belíssimos cronógrafos de mergulho. Com isso, a marca mistura
dois estilos: casual e esportista, permitindo seu uso em ambos os casos. Disponível em quatro cores (azul, verde, amarelo e laranja),
é idealizado em uma caixa de aço inoxidável de 42 mm e moldura octogonal com oito parafusos de ouro. Na parta de trás, um cristal de safira revela o movimento. É resistente à água a até 300 metros.



MontblancVIAGENS TRANSATLÂNTICAS

Para marcar o 110º aniversário de fundação da Montblanc, a nova Coleção 4810 ganhou modelos exclusivos, em edições limitadas. Os ExoTourbillon Slim Montblanc 4810 110 Years destacam o tema das viagens transatlânticas em três edições com referências continentais: Edição Europa, América do Norte e Ásia. Verdadeiras obras de arte, esses relógios trazem no mostrador uma pintura à mão da miniatura de um mapa de cada continente. A parte inferior do mostrador foi decorada com o motivo Côtes de Genève para destacar a construção ExoTourbillon às 6 horas, um numeral XII banhado a ródio e ponteiros esqueletizados para maximizar a visão do mapa. Uma discreta faixa de minutos foi adicionada ao exterior do mostrador, com um vermelho em 12 horas para facilitar a leitura.


alain-dos-santosVisão de Mercado

Confira a entrevista exclusiva com Alain dos Santos, diretor-geral da Montblanc Brasil, sobre o mercado da alta relojoaria.

GW: Quais as tendências na alta relojoaria?

AS: A principal informação extraída do SIHH 2016 é que o mercado de alta relojoaria continua muito dinâmico. O salão reuniu não só as grandes manufaturas do Grupo Ri-chemont, como abriu espaço para um conjunto de marcas independentes, na demonstração evidente de um segmento com vigor criativo e em contínua expansão. Entre as maisons, percebemos um retorno aos valores icônicos das marcas, com coleções que reforçam a contribuição de cada uma para o segmento.

GW: Os relógios ultrafinos ainda são uma tendência?

AS: Sem dúvida, as caixas ultrafinas continuam em alta e pu-deram ser apreciadas no SIHH. Mas estou seguro de que a Montblanc mostrou a maior proeza entre todas as novida-des em relógios slim: uma complicação ExoTourbillon, um desenvolvimento patenteado da Manufatura Montblanc de Villeret, com função de parada rápida de segundo, em uma caixa de 42 mm de diâmetro e apenas 10,14 mm de altura.

GW: Com relação ao mercado internacional, como estão as vendas dos modelos mais exclusivos?

AS: Sempre haverá espaço para produtos verdadeiramente exclusivos, que atendem aos anseios de individualidade e personificação dos usuários.

GW: No Brasil, em tempos de crise, como estão as vendas? O mercado sofreu queda ou continua estável?

AS: É inegável que o Brasil está passando por um momento difícil na sua economia, mas isso tem afetado princi-palmente as marcas com pouca tradição no país. Nosso relacionamento com o cliente brasileiro vem de muitos anos, temos prestígio e gozamos da confiança dos brasilei-ros. Esse histórico de longo relacionamento se alia a dois outros fatores importantes que nos colocam em vantagem no Brasil: temos uma rede de boutiques próprias e em parceria com os maiores joalheiros do País, localizadas nas principais capitais, e uma rede de distribuição com quase uma centena de joalherias de Norte a Sul. Isso permite que estejamos sempre perto do cliente, de Manaus a Porto Alegre. E vamos continuar expandindo nossa rede de lojas próprias em 2016. Outra vantagem é a nossa capacidade de ofertar produtos. Somos uma maison muito dinâmica, com uma equipe de criação incansável, que não para de lançar novidades, seja em relógios ou instrumentos de escrita, em couro ou em joias, e acessórios.

ONDE ENCONTRAR

Audemars Piguet
www.frattina.com.br

IWC Schaffhausen
(11) 3152 6610

Jaeger-Le Coultre
(11) 3152 6640

Montblanc
(11) 3552 8000

Officine Panerai
(11) 3152-6620

Richard Mille
www.richardmille.com

Roger Dubuis
www.frattina.com.br

Vacheron Constantin
(11) 3198 9405

Van Cleef & Arpels
11 3152-6630

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + dezenove =