Viva nos Estados Unidos

Que tal ser dono de um loft de frente para a Dysney ou uma mansão na marina de Key Biscane, com direito à vaga para seu iate e tudo mais…

Com o dólar em baixa e com o mercado imobiliário norte-americano repleto de boas oportunidades no pós-crise, nunca foi tão oportuno investir em imóveis nos Estados Unidos. Hoje é possível adquirir desde lofts a mansões com descontos de até 50% e com financiamento a estrangeiros a juros baixíssimos.
Os preços nas alturas do metro quadrado no Brasil, passagens aéreas mais acessíveis para Miami são outros fatores que tornam o investimento cada vez mais atrativo.
O brasileiro que sonha com uma bela casa para passar as férias, mandar um filho para estudar ou fazer um investimento já pode contar com uma assessoria profissional.

A Faccin Investiments é uma empresa norteamericana, especializada em imóveis nos Estados Unidos voltada para estrangeiros, principalmente brasileiros. “Cada cliente é orientado desde a procura pela casa perfeita até as questões fiscais, jurídicas e burocráticas. Depois damos suporte na administração do imóvel, no aluguel e até em uma futura venda para deixar o comprador tranqüilo”, afirma Cassio Faccin, diretor da empresa. Segundo ele, há facilidades de financiamento para estrangeiros, com prazo de 30 anos a taxas de 5,5% ao ano. “Um imóvel tende a valorizar de 7% a 10% ao ano e o aluguel dá uma média de 0,8% a 1,3% de liquidez ao mês”, garante Cassio.

Apesar de toda imobiliária americana ter acesso ao cadastro de imóveis na Flórida, a Faccin se diferencia por conseguir identificar o perfil e sintonizar com as expectativas de cada comprador.
“O primeiro perfil é um investidor que almeja retorno no aluguel.
Nesse caso recomendamos imóveis de baixo valor, entre US$ 60 mil a US$ 100 mil, com condomínio baixo. Se ele estiver interessado em residir no imóvel, recomendamos regiões afastadas dos grandes centros ou de praias. O segundo perfil é de investidor que almeja aproveitar os descontos de até 50% dos imóveis para capitalizar na venda futura. Nesse caso, recomendamos imóveis próximos a centros comerciais e praias, como Miami, Miami Beach, Aventura e Sunny Isles”, define Cássio. Segundo ele, há certos edifícios mais procurados por brasileiros, como o Jade Beach e o Ocean, em Sunny Isles (a partir de US$ 1 milhão); o Santa Maria, em Miami (a partir de US$ 1milhão); o Icon e o Murano Porto Fino, em Miami Beach (a partir de US$ 900 mil); o Trump Towers, em Sunny Isles (a partir de US$ 600 mil) e o 900, em Miami, (a partir de US$ 400 mil).
Os brasileiros que adquirem imóveis de luxo já representam mais de 40% dos estrangeiros que estão comprando no Sul da Flórida. “Isso se deve a preço, proximidade entre os países, facilidades de compra e, principalmente, a segurança. Também conta o ótimo clima da Flórida e as excelentes opções de moradias, para carros luxuosos na garagem e ‘brinquedinhos náuticos’ na marina”, afirma Cássio. Segundo ele, os mais procurados pelos brasileiros são casas em marinas em regiões como Fort Lauderdale, Key Biscayne e Miami, a preços em torno de US$ 2.5 milhões, e edifícios de luxo na região de Miami, como o Apogee (a partir de US$ 5.7 milhões), e o St. Regis, na região de Bal Harbor (a partir de US$ 3.5 milhões).

Faccin Investiments
Tels. EUA: 1 954 478 6530 e Brasil: (11) 3717 1369
Nextel 159*224086*6
www.faccininvestments.com
contact@faccininvestments.com